Archive for 2013

O Significado dos Nomes Bíblicos

domingo, 29 de dezembro de 2013
Posted by FrTutorial no Brasil
O SIGNIFICADO DOS NOMES BÍBLICOS

O significado de cada nome da Bíblia nos auxilia na interpretação dos
seus textos. Abaixo estão alguns nomes para vocês conhecerem seus
significados e origem.
Nome: (origem) Significado
A
Aarão: (hebraico) arca, brilhante, luminoso - 1 Crônicas 24:1
Abel: (hebraico) sopro, vapor ou filho - Mateus 23:35 e Mateus 4:2
Abigail: (hebraico) meu pai é alegria ou fonte de alegria -1 Crônicas
2:16
Abimeleque: (hebraico) meu pai é rei - Gênesis 21:25
Abner: (hebraico) pai da luz ou lâmpada - 1 Samuel 4:31
Abrão: (hebraico) pai exaltado - Gênesis 11:27
Abraão: (hebraico) pai da multidão - Gênesis 17:5
Absalão: (hebraico) pai da paz, Deus é prosperidade - 2 Samuel 3:31
Acabe: (hebraico) irmão do pai - 1 Reis 16:28
Acaz: (hebraico) ele tem sustentado - 2 Reis 16:3
Adão: (hebraico) homem de terra vermelha ou vermelho - Gênesis
1:26
Adonias: (hebraico) Jeová é Senhor - 1 Reis 1:13
Ageu: (hebraico) alegria, festivo - Ageu 1:1
Agripa: (hebraico) glória da pele, heróico, ou que foi dado a luz com
dificuldade - Atos 25:13
Alfeu: (grego) passageiro, transitório - Marcos 2:14
Ana: (hebraico) cheia de graça - Lucas 2:36
Ananias: (grego) resposta do Senhor - Atos 5:1; (hebraico) Jeová
cobriu - Neemias 3:23
André: (grego) varonil ou vencedor - João 1:44
Arão: (hebraico) brilhante ou serrano - Êxodo 6:20
Ariel: (latim) leão de Deus ou alto - Esdras 8:16
Artaxerxes: (grego ou latim) o grande rei - Esdras 6:14
Azarias: (hebraico) a quem Jeová ajudou - 2 Reis 15:1
B
Baal: (hebraico) senhor possuidor - 1 Crônicas 4:33
Baltasar: (assírio) amigo do rei ou o que proteja sua vida
Baraque: (hebraico) relâmpago - Juízes 4:6
Barnabé: (aramaico) filho da consolação - Atos 4:36
Barrabás: (grego) filho de rabi - Mateus 27:16
Bartimeu: (aramaico) filho de Timeu, filho honroso - Marcos 10:46
Bartolomeu: (aramaico) filho de Tolmai ou Timeu ou filho que levante
as águas - Mateus 10:3
Baruque: (hebraico) abençoado - Jeremias 32:12
Berenice: (grego) vitoriosa - Atos 25:13
Betânia: (hebraico) casa de Tâmaras ou casa do aflito - João 11-18
Bíblia: (grego) os livros

O SIGNIFICADO DOS NOMES BÍBLICOS
23
Boaz: (hebraico) força ou nele há força - Rute 4:1
C
Caio: (latim) alegre ou bordão - Atos 19:30
Calebe: (hebraico) ousada, ou gaiola - Números 13:16
Cefas: (aramaico) rocha ou pedra - João 1:42
Cleópatra: (grego) glória do pai - Gênesis 10:57
Cristo: (hebraico) Messias; (grego) ungido - Mateus 16:16
D
Dã: (hebraico) juiz, julgamento - Gênesis 46:23
Dalila: (hebraico) delicada, fraca - Juízes 16:4
Daniel: (hebraico) Deus é meu juiz - 1 Crônicas 3:1
Davi: (hebraico) amado - 1 Samuel 16:13
Débora: (hebraico) abelha - Gênesis 35:8
Diná: (hebraico) pronunciou julgamento - Gênesis 36:32
E
Efraim: (hebraico) fértil ou ser frutífero - Gênesis 41:52
Eleazar: (hebraico) Deus ajudou; (latim) lazarus; (grego) Lazaros -
Êxodo 6:23
Eliaquim: (hebraico) Deus estabeleceu - Isaías 22:20
Elias: (hebraico) cujo Deus é Jeová ou Jeová é o meu Deus - 1 Reis
17:1
Eliezer: (hebraico) meu Deus é auxílio - Gênesis 15:1
Elimeleque: (hebraico) Jeová é meu rei - Rute 1:2
Elisabete: Deus de Sete, juramento de Deus - Êxodo 6:23
Eliseu: (hebraico) Deus é salvação - 2 Reis 2:15
Eloi: (aramaico) meu Deus - Marcos 15:34
Emanuel: (hebraico) Deus conosco - Isaías 7:14
Enéias: (grego) louvável, famoso, curado - Atos 9:34
Enós: (hebraico) mortal, homem - Gênesis 9:54
Esaú: (hebraico) peludo, cabeludo - Gênesis 25:25
Esdras: (hebraico) auxílio, socorro - Esdras 7:1
Ester: (hebraico) estrela (persa) situação - Ester 2:7
Estêvão: (hebraico) coroa, grinalda - Atos 6:5
Eunice: (grego) vencendo gloriosamente, abençoada - 1 Timóteo 1:5
Eva: (hebraico) vida ou mãe da vida - Gênesis 3:20
Ezequias: (hebraico) fortalexido por Deus , força de Deus - 2 Reis
18:1
Ezequiel: (hebraico) Deus fortaleceu, Deus fortaleza - Ezequiel 1:3
F
Filemon: (grego) amante ou que beija - Filipenses 1:1
Filipe: (grego) domador de cavalos - Mateus 10:3
Fortunato: (latim) afortunado - 1 Coríntios 16:17
G
Gabriel: (hebraico) homem de Deus ou embaixador - Daniel 8:16
Gamaliel: (grego) recompensa de Deus - Números 1:10
Gerson: (hebraico) banimento, peregrino - Êxodo 2:21
Gideão: (hebraico) cortador - Juízes 6:11

O SIGNIFICADO DOS NOMES BÍBLICOS
24
Golias: (hebraico) exílio, passagem - 1 Samuel 21:9
H
Habacuque: (hebraico) o que abraça - Habacuqe 1:1
Herodes: (hebraico) filho de heróis, glória da pele ou heróico -
Mateus 2:16
Hosana: (grego) salva-nos te pedimos (hebraico) Deus ouve - Mateus
21:9
I
Isabel: (hebraico) Deus que faz pacto ou Deus de juramento - Lucas
1:5
Isaías: (hebraico) salvação de Deus ou Jeová salvou - Isaías 1:1
Isaque: (hebraico) riso ou ele riu-se - Gênesis 21:3
Ismael: (hebraico) quem Deus ouve - Gênesis 16:15
Israel: (hebraico) que luta com Deus ou que governa com Deus -
Gênesis 32:28
J
Jacó: (hebraico) suplantador, enganador - Gênesis 25:33
Jafé: (hebraico) beleza, engrandecimento - Gênesis 10:21
Jair: (hebraico) ele iluminará, ele pode reconduzir ou ele levanta -
Deuteronômio 3:14
Jairo: (grego) difundidor de luz - Mateus 9:18
Jeremias: (hebraico) Jeová estabelece - Jeremias 1:1
Jeroboão: (hebraico) o povo tornou-se numeroso - 1 Reis 11:26
Jesus: (grego) salvador, (hebreu) Josué - Mateus 1:21
João: (hebraico) graça, favor de Deus - Mateus 3:4
Joaquim: (hebraico) Jeová estabeleceu ou Jeová tem levantado - 2
Reis 24:8
Jonas: (hebraico) pomba - João 1:1
Jônatas: (hebraico) Jeová nos deu ou dádiva de Deus - 1
Samuel14:49
José: (hebraico) Ele acrescenta - Gênesis 35:24
Josias: (hebraico) curado por Jeová ou Jeová sara - 2 Reis 21:24
L
Lameque: (hebraico) poderoso ou moço forte - Gênesis 4:18
Lázaro: forma grega de Eleazar, Deus ajudou - Lucas 16:20
Léia: (hebraico) vaca brava, (anglo-saxão) igual abrigo - Gênesis
29:16
Levi: (hebraico) associado, unido, adesão - Gênesis 29:34
Lídia: (latim) deriva da palavra Lidos, seu fundador - Atos 16:14
Lucas: (latim) luminoso - Colossenses 4:14
M
Malaquias: (hebraico) mensageiro de Deus - Malaquias 1:1
Mara: (hebraico) amarga, amargosa, triste; (siriaco) senhora - Rute
1:20
Marcos: (latim) martelo grande - Atos 12:12
Maria: (hebraico) Miriã, exaltada, forte - Êxodo 15:20
Marta: (grego) senhora; (hebraico) quem fica amarga - Lucas 10:38
Mateus: (hebraico) dom de Deus, homem de Deus - Mateus 9:9

O SIGNIFICADO DOS NOMES BÍBLICOS
25
Melquisedeque: (hebraico) rei da justiça - Gênesis 14:18
Miguel: (hebraico) quem é como nosso Deus? - Daniel 10:21
Moisés: (hebraico) tirado das águas; (egípcio) filho de Isis (Deus
egípcio) - Êxodo 2:10
N
Naamã: (hebraico) doce agradável, prazer - Juíses 15:41BR>
Nabucodonosor: (persa) Nebo proteje das desgraças ou defensor
dosd limites - Jeremias 21:7
Natã: (hebraico) Ele deu - 2 Samuel 7:2
Natanael: (hebraico) dom de Deus ou Deus tem dado - Números 1:8
Naum: (hebraico) consolação, compassivo - Lucas 3:25
Neemias: (hebraico) Jeová conforta ou consola - Esdras 2:2
Nicodemos: (hebraico) conquistador do povo - João 3:1
Noé: (hebraico) repouso, consolo - Gênesis 5:32
O
Onésimo: (grego) útil, proveitoso - Colossenses 4:9
Oséias: (hebraico) salvação ou salvo - Números 13:16
P
Paulo: (grego) pequeno, pouco - Atos 13:1
Pedro: (grego) pedra, rocha - João 1:42
Pilatos: (latim) armado com um dardo ou chapéu dois escravos,
libertador - Mateus 27:2
Priscila: (hebraico) velha ou antiga - Atos 18:2
Q
Querubim: (hebraico) celestial, Deus é louvado - Gênesis 3:24
R
Rafael: (hebraico) Deus curou - 1 Crônicas 7:21
Raquel: (hebraico) ovelha - Gênesis 29-6
Rebeca: (hebraico) corda com laço, isto é, donzela cuja beleza
prende os homens - Gênesis 24:15
Rute: (hebraico) vistosa, beleza, amiga - Rute 1:4
S
Salomão: (hebraico) muito pacífico - 1 Cronicas 22:9
Samuel: (hebraico) ouvir de Deus ou nome de Deus - 2 Crônicas
35:18
Sansão: (hebraico) pequeno sol ou filho do povo - Juízes 15:31
Sara: (hebraico) princesa, soberana - Gênesis 17:15
Saul: (hebraico) pedindo ou perguntado por, o desejado - Gênesis
36:37
Sérgio: (hebraico) uma rede; (latim) servo ou escravo - Atos 13:7
Simeão: (hebraico) famoso - 1 Crônicas 23:7
Susana: lírio de graça - Lucas 8:3
T
Tadeu: (hebraico) aquele que louva ou confessa; (aramaico)
corajoso; (síriaco) o amável -
Lucas 6:16
Tiago: forma da palavra grega Jacó, (hebraico) suplantador - Mateus
4:21

O SIGNIFICADO DOS NOMES BÍBLICOS

26
Timóteo: (hebraico) que adora a Deus ou amado de Deus; (grego)
que honra a Deus - Atos 16:1
Tito: (latim) louvável, honrado - Gálatas 2:1
U
Uel: (hebraico) vontade de Deus - Esdras 10:34
Uriel: (hebraico) Deus é luz ou fogo de Deus - 1 Crônicas 15:5
Uziel: (hebraico) Deus é minha força ou poder de Deus - 1 Crônicas
6:2
V
Vasti: (persa) a mais excelente ou mulher bela - Ester 1:9
X
Xerxes: rei leão o belicoso, o mesmo que Asuero - Ester 1:2
Z
Zacarias: (hebraico) Jeová se lembra ou Jeová se lembrou - Esdras
5:1
Zaqueu: (hebraico) puro - Lucas 19:2
Zorobabel: (hebraico) nascido em Babilônia - Esdras 3:8

Evangelização de Crianças

Posted by FrTutorial no Brasil
EVANGELIZAÇÃO DE CRIANÇAS
E AS CRIANÇAS, NÃO VAMOS EVANGELIZÁ-LAS?
Nos capítulos anteriores deste livro falamos sobre a
evangelização de um modo geral. Agora vamos falar da
evangelização de pessoas que, devido à sua pouca idade,
requerem alguns cuidados especiais: as crianças.
Todas as pessoas, desde as mais novas até as de idade
avançada, todas elas precisam conhecer Jesus. Por isso,
há um engano quando se pensa que as crianças não
necessitam ser evangelizadas. Os próprios discípulos de
Jesus pensavam que as crianças pudessem incomodar a
Jesus e tentaram afastá-las dele. Mas Jesus disse: “Deixai
vir a mim os pequeninos e não os impeçais, porque dos
tais é o Reino de Deus” (Mateus 19:14; Marcos 10:14 e
Lucas 18:16).
Devemos oferecer o Evangelho às crianças, pois:
• Elas precisam conhecer a Deus como seu criador (Pai,
Filho e Espírito Santo).
• Elas precisam saber que Jesus é o Salvador do mundo.
• Elas devem ser preparadas para vencer os males do
mundo e as tentações do maligno que, certamente,
enfrentarão.
Vamos pensar sobre o que Jesus disse: “não os
impeçais (de vir a mim)”. Como podemos, hoje, impedir
uma criança de ir a Jesus? Jesus quis nos alertar sobre a
responsabilidade que nós, pais, líderes e salvos em Jesus,
temos em apresentar o Evangelho para as crianças.
Impedir uma criança de ir a Jesus, hoje, seria a nossa
atitude em não levar Jesus às crianças? O que você acha?
Jesus mostrou uma atenção especial para com as
crianças, em Mateus 18:3-4: “Em verdade vos digo que,
se não vos converterdes e não vos fizerdes como
crianças, de modo algum entrareis no Reino dos céus.
Portanto, aquele que se tornar humilde como esta
criança, esse é o maior no Reino dos céus”.
Evangelizar uma criança é mais fácil do que
evangelizar um adolescente ou um adulto. À medida que
vai crescendo, o ser humano oferece maior barreira para
aceitar os ensinos do Evangelho, por já ter sido exposto
ao mal deste mundo.
Veja algumas características das crianças que
facilitam a evangelização:
• Devido à sua curiosidade a criança tem mais interesse
em ouvir,
• A humildade da criança permite que ela aceite a
autoridade de Deus, e
• Devido à sua pureza, a criança não tem barreiras como
pecados, maus hábitos e vícios.
Bem, isto que estamos falando, além de ser observado
no nosso dia a dia, também está na Bíblia: “Instrui o
menino no caminho em que deve andar, e, até quando
envelhecer, não se desviará dele” (Provérbios 22:6).
Você, que, de alguma forma trata com crianças, seja
na escola, na igreja ou na família, já notou como as suas
mentes estão mais limpas e acreditam mais facilmente no
que dizemos. É importante saber que aquilo que a criança
aprender nos primeiros anos da vida ficará na sua mente
para sempre, formando também a sua personalidade.

Importância da Técnica para os Levitas

segunda-feira, 23 de dezembro de 2013
Posted by FrTutorial no Brasil
A IMPORTÂNCIA DA TÉCNICA PARA OS LEVITAS

                                           Nas Igrejas, normalmente os levitas dedicavam seu louvor e adoração ao Senhor sempre pensando que unção do Espírito Santo por si só já era o suficiente. Ledo engano. A Unção realmente é necessária para que o Espírito Santo se manifeste em nós através do Louvor e Adoração a Deus.
                                               Mas, será que a nossa dedicação ao Ministério também não conta!? Será que o nosso esforço de melhorar cada vez mais através do estudo da Palavra, ao que conta no crescimento espiritual, como também o estudo ténico para um melhor conhecimento e domínio daquilo que temos em nossas mãos não conta para darmos o melhor de nós a Deus!?
                                               Diante de tal pergunta, quero mostrar um pouco da necessidade de estudarmos os padrões ténicos no Minstério de Louvor e Adoração.

QUALIDADE TÉNICA DO LOUVOR É IMPORTANTE:

                                               Você já imaginou cantar músicas de Louvor e Adoração sem ter feito um ensaio prévio, sem ter sido preparado uma harmonia, sempre tocando aquele “feijão com arroz” como determinados Ministérios de Música em algumas igrejas fazem? Será que Deus se agrada disso?
                                               Todos nós que somos chamados pelo Senhor a algum Ministério, devemos ter em mente 3 coisas importântes:
1. Deus nos chamou e devemos dedicar tempo ao Ministério a que fomos chamados: nesse tempo, além de orarmos para pedirmos que Deus nos dirija através do Espírito Santo, devemos também dedicarmos tempo para o estudo. Nesse período devemos ter acima de tudo disciplina que é a essência do aprendizado para depois termos Decisão naquilo que faremos durante o Louvor.
2. Devemos nos dedicar cada vez mais através de treinamento para podermos levar ao Senhor o melhor que podemos dar através daquilo que cantamos ou tocamos. Os ensaios também são muito importante: devemos ensaias exaustivamente até termos a música exatamente como ela é...
3. Deus exige que tenhamos habilidade ou seja, toquemos bem o instrumento: em Sm 16.17-18 vimos que o Rei Saul pede que tragam diante dele um “homem que toque bem” para afastar um espírito malígno que o possuía. Esse “homem” era Davi. Podermos ver que Deus só se agrada daqueles que aprimoram suas habilidades para levar diante do Senhor tudo o que temos. Os talentos são dados por Deus quando nascemos, não para que o enterremos, mas para que o façamos crescer em nós para depois dá-los ao Senhor com juros. E o Senhor se agradará de nós..
O Sl 33,3 nos diz: “Cantai-lhe um cântico novo, tocai bem e com júbilo”.


A TÉCNICA NOS LEVA A SERMOS MESTRES:

                                               Vemos no livro de Crônicas que os levitas representavam os músicos (ICr 15.22; 16.4-5 e que eram escolhidos por Deus pela sua habilidade (ICr 15.16-19) e consagrados, isto é, viviam exclusivamente para levar o povo de Deus em adoração. Isto nos leva a termos consciência do nosso chamado como verdadeiros adoradores, sermos cheios do Espírito Santo e sermos comprometidos com a Igreja local e a sua missão. Todo este cromprometimento com a obra nos leva a sermos mestres, ou seja, que tudo aquilo que aprendemos devemos passar aos futuros Ministros. Por fim, levantamos discípulos para que a obra do Senhor não páre na Igreja devido à nossa falta de conhecimento ou por sermos relapso com o Ministério. O Senhor mesmo disse “levantai discípulos”.Mas para isso devemos ter total consagração ao Ministério e ao Senhor. Lembre-se: quando levantamos discípulos traremos unção dobrada à Igreja.



CONCLUSÃO:

                                               Isto é um pouco daquilo que quero passar aos Levitas de outras Igrejas
. Benê Gomes outro dia disse que a ténica é como um copo d’água e a unção a água. Bem, se o copo for pequeno, a unção será pouca. Mas se o copo for maior, a unção também será cada vez maior e maior. Quanto maior for o copo, mais cheia da unção ele ficará.
                                               Por isso irmão, lembre-se: Deus usará você com aquilo que você tem. Se você não procurar aumentar o que você tem, de nada adiantará. Você será substituído por outro que esteja melhor preparado. Mas, o Senhor é fiel àquele que se dedica à sua obra. Por isso, seja um levita legítimo e seja substituído não pelo seu relapso, mas sim por ter levantado discípulos com unção dobrada dentro da Igreja a que congrega e o seu galardão no céu será grandioso na presença do Senhor.




                                               “Louvai ao Senhor ao som da trombeta, com o sautério e a harpa. Louvai ao Senhor com o adufe e a flauta, com instrumentos de cordas, com síbalos sonoros e vibrantes. Todo ser que respira, louve ao Senhor.”

Sl 150.3-6

A obra de Deus em nossas vidas

domingo, 22 de dezembro de 2013
Posted by FrTutorial no Brasil
A obra de Deus em
nossas vidas


Introdução: chegou a hora de exercermos a obra de Deus, sobre a
Face desta terra. Este estudo é para que nós venhamos a olhar para
Dentro de nós e fazermos uma auto análise,para detectarmos como
Estamos exercendo a obra de Deus em nossas vidas.
muitas das vezes preferimos olhar para os outros, do que
para nós mesmo. (Mt. 7:3,4,5)



tópico 1: o que é a obra de deus?

no dicionário globo obra significa : efeito, resultado de
Um trabalho; trabalho manual.
na bíblia significa: ato, feito, trabalho. O termo obra de
Deus significa uma atividade que pertence a Deus, a qual ele
Nos concedeu para que exercessemos.
Deus colocou dons e talentos em nossas vidas, para sermos
Útil na casa dele, e sermos sal e luz desta terra.(mt. 5:13-16).


Tópico 2: qual é a pessoa que tem que fazer a
a obra de Deus?
Com base em Mc. 16:15, vemos que todos que são verdadeiros
Discípulos tem que fazer a obra de Deus.
Deus poderia muito bem, fazer tudo sozinho, ou então mandar
Os anjos dele para realizar a sua obra, mas, não Ele preferiu contar
Com nós; seres humanos imperfeitos, somos considerados criaturas
Privilegiadas por Deus.


Tópico 3 : por que devo fazer a obra de Deus?

3.a- Porque é um mandamento de Deus (Mc.16:15, Mt. 29:19), o
Próprio nosso senhor Jesus Cristo esta mandando ir fazer.


3.b- Porque seremos julgados pelas nossas obras a qual nós realizaremos, sobre a face desta terra,(estas obras não podem
(Serem comparadas com as obras da lei). E sim como nós servimos a Deus
Aqui na terra. (Ap. 20:11, 12,13).


3.c- Porque Jesus fez a maior obra já realizada na face desta
Terra por nossas vidas. Em João 3:16 explica como é o amor de Deus
Pelas as nossas vidas. Com o que nós poderíamos comparar o amor
De Deus por nós.(Fp. 2:30)


Tópico 4 : Como nós devemos estar para fazer
a obra de Deus


4.a – temos que estar firmados em Jesus(jo. 15:4). Somente poderemos exercer o chamado do Senhor Jesus, se nós estivermos
agarradinhos com ele.
Temos que ter verdadeiramente a Vida de Jesus em nós como
diz em: 2co. 5:17).
Temos que ter a certeza da nossa salvação em Cristo, se não
como poderemos falar ou pregar Jesus se não temos o conhecimento
d’Ele e não temos a certeza da nossa salvação.



4.b – Temos que fazer com amor (1Co. 16:14). Precisamos encher
os nossos corações de amor pela obra de Deus. E também sem
murmuração(fp. 2:14)


4.c – Com humildade e sem querer disputar com ninguém (Fp.2:3)
não podemos fazer as coisas de Deus para servir de disputa com
meu irmão. Temos que sermos humildes, pois a soberba é um dos
maiores pecados, a qual tem derrubado muitos homens e mulheres
de deus.(pv. 16:18;tg. 4:6)


4. D – Precisamos também valorizar a Palavra de Deus em nossas
vidas. Saber usar, manejar bem a Palavra de Deus é primordial
para nós(2tm. 2:15). Somente com uma vida diária de leitura da
Palavra poderemos manejar bem a Palavra do Senhor.
Temos que nos preocupar mais com a Palavra de Deus em nossas
Vidas, pois não são poucas as seitas que temos ao nosso redor.



4. E – buscar a santificação é outra coisa de suma importância
em nossas vidas,sermos separados de todo o tipo de maldade.
ter uma vida exemplar diante de Deus e diante dos homens, pois
só assim darão credito a nossas palavras. Precisamos de pregar
aquilo que vivemos. E temos que saber de uma outra coisa que um
gesto vale mais que mil palavras. (sl. 119:11;hb. 12:14)


4. F – Saber nós consagrar também é necessário para fazermos
a obra de Deus bem. Ter uma vida de jejum e oração é muito impor-
tante para nossas vidas. (Mt. 17:21; Ef. 6:18;1pe. 4:7; Ne. 1:4; Mt. 6:16)


4. G – Para executarmos todas estas coisas ai em cima, nós sabemos
que por nós mesmo é difícil, então temos que ter as nossas vidas
cheias do Espírito Santo de Deus (Ef.5:18).
temos que ser guiados pelo Espírito Santo(Rm. 8:14), é Ele que intercede por nós junto ao Pai celestial(rm.8:26).
é por meio do Espírito Santo que Deus revela tudo aquilo que
Ele tem para nós(1co.2:10).

Quando nós recebemos o Espírito Santo, recebemos também o seu
poder, virtude, unção, capacitação e assim podemos testemunhar
a nossa fé em Jesus e exercer o chamado de Deus para nós(at.1:8).

* Nós possuímos uma unção em nossas vidas 1Jo. 2:20, somente
temos que tomar posse dela em nós.

*A unção nos faz entender a Palavra da verdade(1jo. 2:27)

*A unção nos tira o jugo, o fardo , o cansaço das nossas vidas
(Is. 10:27)


Conclusão : sabemos que temos que realizar a obra do
Senhor, mas para isso temos que buscar o avivamento do Senhor
Jesus sobre as nossas vidas, este avivamento é um despertamento
espiritual para nós. Hc 3:2



Autor: Espírito Santo de Deus

A Pessoa Do Espirito Santo

Posted by FrTutorial no Brasil
1. QUEM É O ESPÍRITO SANTO ?
1.1. Ele é o consolador – Jo. 16.7
1.2. Ele é Deus – At. 5.4
1.3. Ele é uma pessoa – At. 5.3
1.3.1. é uma pessoa porque pensa – Rm. 8.27
1.3.2. é uma pessoa porque tem vontade – I Co. 12.11
1.3.3. é uma pessoa porque fala – At. 13.1.3
Todas essas coisas são características de uma pessoa. O Espírito é uma pessoa divina.
2. NOMES DO ESPÍRITO SANTO

2.1. Espírito Santo – Sl. 51.11; Rm. 14.17
2.2. Espírito de Deus – Gn. 41.38; I Jo. 4.2
2.3. Espírito do Senhor – I Sm. 10.6
2.4. Espírito de Cristo – I Ped. 1.11
2.5. Espírito do Senhor Jeová – Is. 61.1

3. CUIDADOS QUE DEVEMOS TOMAR EM RELAÇÃO AO ESPÍRITO SANTO

3.1. Cuidado para não entristecê-lo – Ef. 4.30
3.2. Cuidado para não resisti-lo – At. 7.51: 11.17-18
3.3. Cuidado para não extingui-lo – I Ts. 5.19
3.4. Cuidado para não envergonha-lo – Is. 63.10
4. NOSSA DEPENDÊNCIA PARA COM O

 ESPÍRITO SANTO
4.1. Dependemos dele para orar – Rm. 8.26,27; Jd.20
4.2. Dependemos dele para pregar – At. 2.37-41; 1.8
4.3. Dependemos dele para vencer – Jz. 14.6-19
4.4. Dependemos dele em tudo – Jo. 14.26

5. TODO CRENTE PRECISA DEIXAR O ESPÍRITO OPERAR

5.1. Na sua vida – produzindo transformação – I Sm 10.6
5.2. Pela sua vida – dando fortalecimento espiritual – Ef. 3.16
5.3. Através da sua vida – capacitando-o para o trabalho do Senhor – At.1.8; I Ts. 1.5

6. A LIDERANÇA DO ESPÍRITO SANTO

6.1 – Ele controla o crente – At. 10.19,20
6.2 – Ele guia o crente – Jo. 16.13
6.3 – Ele escolhe o campo de operação – At. 16.6
6.4 – Ele orienta o crente – At. 8.29

7. AS OBRAS DO ESPÍRITO SANTO


7.1. Ele opera o novo nascimento – Jo.3.5-8
7.2. Ele regenera o pecador – Tt. 3.5,7
7.3. Ele transforma o homem – I Sm. 10.6
7.4. Ele Santifica o crente – Rm. 15.16
7.5. Ele convence o homem de seus pecados – Jo. 16.8

8. OS ATRIBUTOS DOS ESPÍRITO SANTO

8.1. Eternidade – Hb. 9.14
8.2. Onipresença – Sl. 139.7-10
8.3. Onipotência – Lc. 1.35
8.4. Onisciência – I Co. 2.10

9. OS SIMBOLOS DO ESPÍRITO SANTO

9.1 – FOGO (Lc. 3.16)

O fogo, como símbolo do Espírito representa a purificação e fala de sua grande força em relação as diversas maneiras de sua operação em corrigir os defeitos da nossa natureza decaída.
Vejamos a finalidade do fogo:
9.1.1. O FOGO CONSOME
O fogo consome o que é combustível – “madeira, palha, e feno” (I Co.3.13-15). Isso fala de material espúrio, usado para fazer a obra de Deus, é o trabalho feito com aquilo que é falso, o Espírito é contra tudo aquilo que é falso, tudo aquilo que não é feito para glória de Deus.

9.1.2. O FOGO LIMPA

Somente o fogo tem o poder de tirar a escória de diferentes metais. O fogo é, portanto, símbolo do poder
purificador do Espírito. Aquilo que não pode ser definido e expurgado pela santidade do Espírito é destruído pelo fogo (Is.6.1-7)

9.1.3. O FOGO DERRETE

Há materiais que se derretem em contato com o fogo, como a cera e outros. O fogo do Espírito derrete os corações endurecidos. – cf. At. 2.37

9.1.4. O FOGO ENDURECE

Praticamente o mesmo fogo que amolece a cera endurece o barro. O ferreiro leva o aço ao fogo para amolecer e para torná-lo mais duro. O Espírito torna o crente mais brando e também mais resistente contra as adversidades que terá pela frente – cf. At. 20.23,24

9.1.5. O FOGO AQUECE

O Espírito, qual fogo, torna a nossa alma abrasada por uma ardente paixão e zelo por Deus e seu serviço – cf. Lc. 24.32,33
POMBA
“ Vi o Espírito de Deus, descendo como pomba e vindo sobre Ele” – cf. Mt.3.16, A pomba é simples – Mt. 10.16b; o Espírito também é simples, tal simplicidade ilustra a sua beleza e delicadeza. O crente guiado pelo Espírito tem a simplicidade das pombas, não procura salienta sua pessoa ou suas habilidades, porém dá toda honra e glória a Deus que tudo nos dar.

10. VENTO

• Jesus disse: O vento assopra onde quer, e ouves a sua voz, mas não sabes donde vem e nem para onde
vai; assim é todo aquele que é nascido do Espírito (Jo. 3.8).
• Os hebreu não indicavam com rigor a direção dos ventos, como hoje se faz; contudo reconheciam quatro ventos: o do oriente, o do ocidente, o do norte e do sul – (Jr.49.36;Ez.37.9;Ap.7.1).
• A Bíblia diz que o Espírito veio dos 4 ventos e soprou sobre os ossos secos e eles reviveram – cf. Ez. 37.9,10.

• Pelo sopro do Espírito Santo o pecador se convence do seu pecado e aceita Cristo como Salvador, e o crente vence o pecado e se aproxima de Deus.
• O vento é o ar em movimento, na criação o Espírito se movia sobre a face das águas – cf. Gn. 1.2;
• o Espírito Santo movimenta a igreja através de seu sopro de poder – cf. At.4.31.
• Outra coisa podemos constatar no vento, é que o mesma sopra em todas as direções.
• Da mesma forma o Espírito age de muitas maneiras. No dia de pentecostes o Espírito veio sobre os discípulos como um vento impetuoso – cf. At.2.2

11. SELO

• O selo testifica um direito de propriedade ou a autenticidade de um documento.
• Entre os hebreus, na compra e venda de casas ou campos, era exigido o selo no translado da propriedade.
• O simples selo do comprador num documento garantia-lhe posse da propriedade – cf. Jr.32.8-15,44;
• selar significa dar segurança.
• O ato de colocar o selo somente poderia ser realizado pelo dono do objeto ou da propriedade, a fim de dar-lhe segurança.
• A Bíblia diz que nós somos propriedades de Deus, por isso Ele mesmo nos selou com o seu Espírito para o dia da redenção – cf. Ef.1.13; II Co. 1.22.
• O selo também servia para tornar conhecido ou identificado aquilo que era selado.
• As Escrituras diz que Deus conhece os que são seus, porque sobre estes há o selo do seu Espírito – cf. II Tm. 2.19

12. ÓLEO

• O óleo era usado entre os antigos hebreus, era em geral fabricado dos frutos das oliveiras, que
amadurecem no outono.
• Era o mesmo azeite usado para ungir a tenda da congregação, os objetos sagrados e os sacerdotes para realizarem o seu serviço.
• Com esta unção eram considerados santificados – Êx. 30.25-30.
• Nas Escrituras, o óleo aparece com um dos símbolos do Espírito Santo – cf. Zc.4.2-6 .
• e nos fala de unção. Jesus foi ungido pelo Espírito Santo – cf. Is.6.1; Lc.4.18 , o crente em Jesus tem a unção do Santo e sabe todas as coisas – cf. I Jo. 2.20.
13.13.1 – APLICAÇÃO SIMBÓLICA DO ÓLEO (AZEITE)
a) Azeite na orelha (Lv .14.17) – preparo para ouvir a voz de Deus. “Quem tem ouvidos ouça o que o Espírito diz às igrejas” (Ap.2.17). “Fala Senhor que o teu servo ouve”.
b) Azeite na mão (Lv. 14.17) – habilitação para o trabalho do Senhor. “Não é por força nem por violência, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor do Exércitos – cf. Zc. 4.6
c) Azeite no pé (Lv. 14.17) – Fala de um andar santo. Andai no Espírito e não cumprireis a vontade da carne – cf Gl. 5.16
d) Azeite no rosto (Sl 104.15) – Brilho da presença de Deus e alegria espiritual que desfruta o crente em Cristo . “Com o rosto desvendado… somos transformados de glória em glória…pelo Espírito”- cf. 2 Co. 3.18
e) Azeite em outras vasilhas (2Rs 4.4-6) – bênçãos para outras pessoas – Rm. 1.16; 5.5; I Jo.3.16.
f) Azeite nas feridas (Lc.10.34) – símbolo de restauração pelo Espírito Santo do Senhor – cf. Lc.4.18
• Vale a pena lembrar que era extremamente proibido fabricar outro óleo com a mesma composição (Êx. 30.33). Ninguém pode imitar o Espírito Santo.
• Da mesma forma era proibido usar o óleo para fins alheios ao serviço sagrado (Êx. 30.25-31).

• O Espírito Santo opera exclusivamente para a glória do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, pois o seu ministério aqui é esse, o de glorificar a Cristo.

Aliança Com Deus

Posted by FrTutorial no Brasil
ALIANÇA COM DEUS

1.   O que é uma Aliança?

Biblicamente aliança é um contrato, um pacto, acordo ou sociedade entre duas pessoas ou duas partes em que se estabelecem compromissos de deveres, obrigações e privilégios, objectivando um bem comum das partes. No Antigo Testamento verifica-se dois tipos de aliança: aliança de respeito mútuo e aliança de amor. A aliança de respeito mútuo era feita no sentido exclusivo de não haver guerras entre as partes aliadas, como a de Isaque e Abimeleque ( Génesis 26:28-29).
A aliança de amor envolve sacrifício, a oferta da vida por inteiro. Esse é o principio da aliança de Deus com o ser humano retratado na Bíblia, mais tarde veio a ser simbolizado pelo casamento. O Antigo Testamento trata da mesma aliança com aqueles que se rendem ao Filho de Deus de todo coração, alma e entendimento (Mateus 10:37-39 ; 22:37).

2.   Como era a cerimónia de aliança no Antigo Testamento?



A cerimónia de aliança era marcada pelo sacrifício e o sangue derramado era o selo da aliança. As partes envolvidas na aliança tomavam um ou mais animais e os sacrificavam. Em seguida os partiam ao meio; cada metade representava um dos envolvidos na aliança. E então as partes passavam entre as metades significando que se uma delas falhasse naquele pacto a outra parte teria o direito de fazer com ela o mesmo feito ao animal, ou seja: sacrificá-lo!
Deus fez esse tipo de aliança com Abraão (Génesis 15: 9-10,17,18).

3.   Porque o sacrifício de animais era obrigatório na aliança?
  
A palavra empenhada das partes envolvidas numa aliança não era suficiente para firmar um pacto, pois é próprio do ser humano faltar com sua palavra, especialmente se as circunstâncias lhe são desfavoráveis. O sacrifício do animal lembrada o empenho do juramento que não poderia ser quebrado. Pois assim como a vida do animal não poderia ser retornada, também a palavra não poderia ser quebrada.

4.   Quais eram os compromissos assumidos numa aliança?

Basicamente os compromissos assumidos numa aliança envolvia amor, confiança e fidelidade, os quais também são a base do casamento. No casamento há compromissos de parte a parte, e cada uma tem suas próprias responsabilidades que, unidas pelos laços do verdadeiro amor, conduzem a unidade indivisível de pensamentos e atitudes. Os
compromissos de cada um sempre tem um objectivo comum com o outro. E ainda que os sacrifícios de cada um sejam demasiadamente grande a força da aliança os leva a pensar nos objectivos comuns que são ainda muito mais importantes.

Dai a razão porque o casamento tipifica a aliança com Deus, pois envolve a entrega total de vidas. O sangue derramado no acto conjugal da noite de núpcias é a marca viva que sela tal aliança.

Igreja è a Porta Voz de Deus

Posted by FrTutorial no Brasil
Texto base: II Reis 6.23
Divisa: (Pv. 16.7)
Introdução:

A igreja como porta de voz na terra, foi chamada para revolucionar lares, bairros, cidades, estados, países e até mesmo o mundo.


Desenvolvimento:

O texto que nos servirá de ponto de partida, para entendermos qual a missão do crente no território em que vive. Fala a respeito da investida do exército da Síria contra a nação de Israel. Diante da qual o profeta Eliseu, foi o instrumento que Deus usou para frustrar os desígnios de Bene Hadade e, concernente à nação israelita.

Veremos a seguir alguns tópicos importantes e quer revelarão as atitudes de um homem que mudou a história de uma nação!

I.    II Reis 6.8: Ele anunciava a tempo e fora de tempo, a mensagem divina aos ouvidos do povo, com o objetivo de frustrar os projetos de Satanás.

II.    II Reis 6.15 – 17: Ele intercedeu a favor do seu servo Geazi, para que ele contemplasse o exército de
Deus que era superior ao exército da Síria;
III.    II Reis 6.19 – 20: Ele conduziu os seus adversários até o lugar do banquete, que ele os serviria; e que os faria recuar;
IV.    II Reis 6.21-23: Ele mudou a história de uma nação.

Outros personagens que atuaram virtuosamente e revolucionaram nações e povos:

•    Moisés: Revela a atitude de um grande líder; (Ex. 32.32).
•    Jó: A atitude de um verdadeiro e autêntico servo em meio às adversidades. (Jô 1. 22)
•    João Batista: A atitude de um profeta que perdeu a cabeça, mas não consentiu com o pecado (Mc. 6. 17-26).
•    Rei Davi: A atitude de um rei perante o seu pecado. (Sl. 51. 10-12)
•    Jesus: Entregou-se à vontade de Deus, pois além da cruz Ele viu a humanidade (Mt. 26. 37-45)

Conclusão:
“Os quais, pela fé, venceram reinos, praticaram a justiça, alcançaram promessas, fecharam as bocas dos leões” Hb. 11.32.

PAZ SEJA CONTIGO!!!

Acomodados Acordem

Posted by FrTutorial no Brasil
Acomodados Acordem!!!

Acomodação; dicionário Aurélio

1)Ato ou efeito de acomodar(-se); arranjo, arrumação, acomodamento
2)Tendência a conformar-se com qualquer situação; conformismo
3)Adaptação, conformação, adequação


“Minha vida esta boa assim, porque mudar?” “Não vou me preocupar com nada...”
“Tanto faz se eu passar ou não de série na escola...” “outro dia eu vou à igreja”.
“Outro dia eu vou na reunião de oração”... Outro dia eu...

Quem nunca ouviu alguém dizer coisas assim?

Este estudo eu dedicarei exclusivamente a vocês, meus queridos “irmãos acomodados”.


Quanta gente anda por aí sem rumo, sem posição, querendo “deixar a vida levar” pra onde ela quiser... É incrível mais existem pessoas que andam por aí esparramadas no sofá esperando que as bênçãos caiam de pára-quedas do céu !!!

Tem gente que deixa de ir à igreja quando chove, devem ser de açúcar! Tem gente que deixa de sair de casa porque esta frio...

Quero falar sobre as pessoas que não lutam porque se acomodaram, essas pessoas não tem desejo de crescer, não se preocupam em lutar pelos seus direitos, elas não querem se “incomodar”, ou melhor, preferem “evitar a fadiga...”. Já ouviram isso? Vou dizer algumas coisas que acontecem com as pessoas acomodadas:
 
1)Pessoas acomodadas perdem tempo. Elas perdem tempo porque poderiam ter recebido bênçãos e há muito tempo...

2) Pessoas acomodadas tem tendência a se desviar, porque muitas vezes são atingidas pelo desanimo já que não vêem nada acontecer como conseqüência da acomodação.

3) Pessoas acomodadas não fazem as coisas acontecerem, não correm atrás dos seus ideais.

4) Pessoas acomodadas só pensam no seu bem-estar.

5)Provavelmente uma pessoa acomodada perde a esperança e desfalece na fé.

6)Pessoas acomodadas não buscam a Deus, muitas delas não oram, não jejuam, não lêem a palavra de Deus e como conseqüência deixam ser levadas pelas coisas mundanas, não se preocupam com as coisas de Deus.

7) Aquele que se acomoda não vigia, se conforma em continuar do mesmo jeito sem pensar em mudança alguma, se acostuma com a rotina do dia-a-dia, não pensa em novas oportunidades.

8) Pessoas acomodadas não são criativas, porque pegam as idéias dos outros para evitar ficar pensando. E são preguiçosas.

Como é bom descansar, sentar no sofá, ver televisão, dormir... Mais não é dormindo que recebemos as bênçãos, não é descansando, não é relaxando e se conformando, você recebe é lutando, é conquistando, perseverando, muitas vezes após um combate, muitas vezes até chorando e passando por lutas e aflições, mas Deus é por nós, Ele nunca nos deixa, Ele não nos desampara jamais.

Deus não quer que você se acomode, Ele quer que você lute, persevere, busque. Eu vou dizer a você que o caminho mais fácil é se acomodar, com certeza, assim você relaxa, porém, não é o melhor caminho. Aqueles que se acomodam se conformam com pouco, qualquer coisa para eles esta bom, não importa nada mais a não ser se instalar, se acomodar e se adequar ao melhor modo, deixar as coisas “rolarem naturalmente”.

Você tem que ser um guerreiro tem que lutar pra conquistar aquilo que você tem direito de receber como filho de Deus. Você não pode abrir mão de lutar e ser um vencedor, você deve sair do lugar de acomodação. Deus não se agrada da acomodação, Ele quer ver o nosso esforço, Ele quer ver a nossa dedicação.

Não se conforme com isto, Deus te chamou para ser um vencedor, e do mesmo modo que Ele te chama, Ele te capacita também, por isso, não há o que temer.
Não estamos em tempo de brincar, estamos em tempo de despertamento, de vigiar porque breve Cristo vem buscar a Sua igreja e já não falta muito.

Quantas coisas têm acontecido ultimamente, cada noticia podemos ver nos jornais por isso não é tempo de se acomodar.

O ato de se acomodar é se conformar e se acostumar com a vida do jeito que ela esta, é se esquecer de que existe um Deus que tudo pode fazer, é se esquecer de que Deus te chamou para vencer, e não para dormir!!!

Não se esqueça de que você é filho de Deus, não se esqueça de que você esta numa guerra. Por isso, lute,
persevere, busque a Deus, não cesse de louvar, não cesse de orar. O Senhor tem um plano para sua vida, Ele quer te fazer vencer, Ele quer te libertar e te salvar.

Pessoas que lutam, vence. Pessoas que perseveram, pessoas que esperam no Senhor, pessoas que não desistem de suas bênçãos e de seus sonhos, são abençoadas por Deus, elas conquistam, elas prosperam, elas recebem e vêem na sua vida as promessas de Deus sendo cumpridas. É por isso que você deve lutar sem desistir, sem se acomodar, pois ninguém pode tirar a sua benção, ninguém pode tirar o que Deus tem para você.


Por isso meu irmão eu vou dizer mais uma vez: Lute, não olhe para trás, não desista agora não, seja você um vencedor, seja você um guerreiro. Saia do lugar de acomodação, saia do conformismo. Deus tem grandes planos para sua vida.

A queda de lúcifer

Posted by FrTutorial no Brasil
A queda de lúcifer
  
-Você pode ler a história completa de Lúcifer em Isaías 14 ; Ezequiel 28:13-19; e Apocalipse 12:4-12.
A Bíblia diz que existem milhões de anjos criados. Daniel 7:10. Entre eles havia um querubim que trabalhava próximo do trono de Deus. Ele era considerado bom e perfeito até o dia que pecou contra Deus. A Bíblia diz que ele elevou o seu coração de forma orgulhosa por causa de sua formosura. ( Ezequiel 28:17). Por causa de seus sentimentos malvados ele acabou por corromper a sua sabedoria e sem explicação nenhuma se revoltou contra Deus. Seu objetivo era derrubar Deus do trono e se tornar igual a Ele. (Isaías 14:14). Para poder conseguir isso ele conseguiu convencer 1/3 dos anjos do céu a ficar do seu lado. Ele prometeu um governo
melhor do que o divino, aonde os anjos não teriam que obedecer a Lei de Deus.
Guerra Total:
Então a Bíblia diz que o Capitão do Exército de Deus ( Josué 5:13-15), o arcanjo Miguel teve que
intervir para acabar com a rebelião. Arcanjo significa: aquele que está acima dos anjos. Miguel significa: Quem é como Deus? Dessa forma, Miguel não era um anjo comum, criado. Miguel era o nome de Jesus antes de se tornar um ser humano. Ele era o eterno Filho de Deus. Apocalipse 12 continua a história dizendo que houve guerra no céu entre Jesus e seus anjos e Satanás e os anjos que ficaram ao seu lado. No entanto, Lúcifer perdeu a guerra e junto com a terça parte dos anjos celestiais foi expulso para a Terra!!

Dessa forma, o mal chegou a nosso recém criado planeta que se viu no meio de um conflito de proporções cósmicas. Depois disso, Lucifer usou uma serpente como médium levando Adão e Eva a pecarem contra Deus. veja Gênesis capítulo 3. Desde então os seres humanos perderam a imortalidade e ficaram sujeitos a influência dos anjos maus ou espíritos de demônios como são popularmente conhecidos.

A Vontade do Homem

Posted by FrTutorial no Brasil
A Vontade do Homem
 “Quem do imundo tirará o puro? Ninguém!”
- Jó 14:4

“Que é o homem para que te lembres dele?...”
- Salmo 8:4

Tem sido ressaltado com muita freqüência em nossos dias que “a vontade do homem é o fator determinante para sua salvação”. Por vezes temos ouvido dizer, tendo sido um destes “auto-falantes” outrora, que o homem tem em suas mãos o poder de salvar-se, decidindo crer, ou perder-se, por se negar a crer.

Mudamos do “aceitar a Jesus” para o “aceitar a morte”. É verdade, houve certo progresso doutrinário onde se incluiu a nossa bendita morte no corpo de Cristo, morte esta para o pecado, conforme afirma a Palavra de Deus.

Mesmo assim, quem tem estado com o poder decisório nas mãos? Segundo a expressão citada, o homem
seria o soberano com o cetro na mão, e Deus estaria ao longe, cabisbaixo, esperando na misericórdia do homem que poderia ou não se manifestar “deixando” Deus salvá-lo. Salvação esta que ele naturalmente não quer, mas que acabaria permitindo para não decepcionar o pobre e bem intencionado Cristo crucificado.

É como li dum livro de teologia: “... é o homem que elege (escolhe) a Deus como seu Deus... está exclusivamente nas mãos do homem o salvar-se ou perder-se...”. Nestas palavras ouvimos o eco vindo lá do jardim do Édem: “... como Deus serás...” (Gn. 3:5); eco das palavras do diabo, e não poucos as têm acolhido em seus malignos corações e vivem “adorando e servindo a criatura em lugar do Criador, que é bendito eternamente. Amém!” (Rm. 1:25).

Mais uma vez a história se repete e renasce o renascimento, que não é o lá do alto. O de outrora trazia como órgão oficial o ateísmo e o homem como o centro, em torno do qual tudo girava. É como se tudo tivesse sido criado pelo homem e para o homem; logo, teríamos que dizer juntos: glória, pois ao homem, eternamente!
 
O de hoje difere no fato de ressuscitar a religiosidade prosélita, que até então era transferida para a ciência. Apesar das mudanças na casca mantém ainda o mesmo princípio: o homem como o senhor. Será que já saíram da idade das trevas?

Apesar de toda esta distorção natural produzida pelo pecado, não podemos deixar de “proclamar de cima dos telhados”:

“Uma vez falou Deus, duas eu ouvi, que o poder pertence a Deus”

- Salmo 62:11

“... porém Deus com a sua destra o exaltou...”
- Atos 5:31

“... a Jesus Cnisto o Soberano dos reis da terra...”
- Apocalipse 1:5

“... Jesus Cristo, nosso Senhor, majestade, império e soberania, antes de todas as eras, e agora, e por todos os séculos. Amém.”
-Judas 25:3

“... muito acima de todo principado e potestade, e poder, e domínio, e de todo o nome que se possa referir não só no presente, mas também no vindouro. E pôs todas as coisas debaixo de seus pés...”
- Efésios 1:21,22

Voltemos os nossos olhos para a Palavra a fim de vermos, se Deus quiser, o que diz o Senhor sobre quem é o homem, e qual é a sua vontade.

“Viu o Senhor que a maldade do homem se havia multiplicado na terra, e que era continuamente mau todo o desígnio do seu coração”
- Gênesis 6:5

“O homem bom, do bom tesouro do seu coração tira o bem, e o homem do mal tesouro do seu coração tira o mal”
- Lucas 6:45

“... todo aquele que olhar para uma mulher com intenção impura no seu coração já adulterou com ela”
- Mateus 5:28

“... pois é do interior do coração do homem que procedem os maus desígnios (*), as prostituições, os furtos, os homicídios, os adultérios, a cobiça, as maldades, o dolo (*), a libertinagem, a inveja, a blasfêmia, a soberba, a insensatez”
- Mateus 7:21,22

“Há no coração a voz da transgressão...”
- Salmo 53:1

“Tu amas antes Q mal Q g Q e o mentir do que o falar a verdade”
- Salmo 52:3

“O julgamento é este que a luz veio ao mundo, mas os homens amaram trevas do que a luz, porque as suas obras eram más”
- João 3:19

“ Desde a planta do pé até a cabeça não há nele coisa sã, há só feridas, contusões e chagas podres; não foram espremidas, nem atadas, nem amolecidas com óleo”
- Isaias 1:6

“Vós tendes por pai o Diabo, e quereis satisfazer os desejos do coração do vosso pai...”
- João 8:44

“... livrando-se eles dos laços do Diabo, tendo sido feito cativos por ele, para cumprirem a sua vontade”
- II Tim. 2:26

Compreendemos, pela Palavra de Deus, que os pensamentos, os desejos, a intenção ou a vontade do homem procedem do interior do seu coração, pois “se um homem olhar para uma mulher com intenção impura no seu coração, já adulterou com ela” (Mt.5:28).

Apesar da exortação divina continuam andando “na vaidade de seus próprios pensamentos obscurecidos no entendimento, alheios à vida de Deus, por causa da ignorância em que vivem, pela dureza de seus corações” (Ef. 1:17,18).

“Mas não ouviram, nem inclinaram os seus ouvidos; porém andaram em seus próprios conselhos, no propósito (vontade) de seu coração maligno”
- Jr.7:24

“Porventura a fonte deita da mesma abertura água doce e água amargosa?”
- Tiago. 3:11

O que o homem tem feito no decorrer de sua nebulosa carreira é lançar “de si lama e lodo” (ls. 57:20), pois “colhem- se, porventura, uva de espinheiro ou figos de abrolhos?” (Mt.7:16).

Esse coração “desesperadamente corrupto” (Jr.17:9) produz “continuamente” pecado, estando por vezes travestido de santidade. “Tais cousas, com efeito, tem aparência de sabedoria, como culto de si mesmo, e falsa humildade, e rigor ascético: todavia não tem valor algum contra a sensualidade” (Cl. 2:23).

Tem sido um esforço inútil procurar boa vontade no homem; não se conseguirá isto, nem mesmo entrando para a legião (a da “boa” ou a estrangeira). Lembre-se que a semente que está no homem é “só má continuamente”, “desde a planta do pé até a cabeça”.... “Raça de víboras, como podeis dizer coisas boas sendo maus?...”.

Não significa isto que o homem é irrecuperável? Que a sua podridão é tamanha que Deus não teve outro modo senão aniquilá-lo por meio da morte com Cristo para fazer um novo homem? Se você tem alguma dúvida pergunte (não a si mesmo) mas à Palavra:

- Quanto da velha criação e do velho homem Deus deixou ficar?
- Quanto Ele fez novo?
- Quantos impuros (ou quanta impureza) entrarão na nova Jerusalém?
- Não é fato que se houvesse alguma coisa boa no homem Deus seria o primeiro a querer preservá-la?

Nós não temos sequer idéia do que significa ser “desesperadamente corrupto” (Jr. 17:9)!

Mas, dirão alguns, o homem não tem que querer a salvação? O Senhor Jesus na parábola da grande ceia diz:

“Certo homem deu uma grande ceia e convidou a muitos, à hora da ceia mandou o seu servo avisar aos convidados: Vinde porque tudo já está preparado... Não obstante todos a uma começaram a escusar-se... Sai depressa pelas ruas e bairros da cidade, e trazei (força-os) aqui os pobres, e aleijados, e mancos e cegos”
- Lucas 14:16-22

Qual é o real estado da raça humana, diante de Deus?

Estão “mortos nos delitos e pecados” (Ef. 2:1) porque “o pecado faz separação entre vós e o vosso Deus...” (ls.59:2). Além de “mortos nos delitos e pecados”, diz a Palavra que a cada dia se corrompem, apodrecem como vai apodrecendo um cadáver com o passar dos dias, é o “...velho homem que se corrompe pelas concupiscências do engano” (Ef.4:22).

Alguns, é bem verdade, não fedem porque estão embebidos do formol da religião, mas apesar disto não deixam de estar mortos. Andam “fazendo a vontade da carne e dos pensamentos” (Ef.2:3). São “inimigos de Deus por causa das obras malignas” ( ). “Pode acaso o etíope mudar a sua pele, ou o leopardo as suas manchas? Então podereis fazer o bem, estando acostumados a fazer o mal.” (Jr.13:23).

A perversão do homem é tal que “ainda que pises o insensato com a mão de gral entre os grãos pilados, não se vai dele a sua estultícia” (Pv. 27:22). “Ainda que se mostre favor ao ímpio, nem por isso aprende a justiça; até na terra da retidão ele pratica a iniqüidade, e não atenta para a majestade do Senhor” (Isaias 26:10).

Acham que não têm do que se arrepender porque se crêem limpos: “Limpo estou, sem transgressão; puro sou, e não tenho culpa. Eis que ele acha ocasiões, e me considera como seu inimigo” (Jó 33:9,10). Defende-se o autólatra Jó dizendo ser Deus injusto, ‘crica’, e porque não dizer, pecador, pois segundo a própria Palavra não se deve entrar em contenda com aquele que não te causou nenhum mal (Prov. 3:30).

Mas os planos de Deus “não podem ser frustrados” (Jó 42:2) e chegou “o tempo determinado pelo Pai” (Gl. 4:2) em que lhe raiou no coração a alva (2 Pe. 1:19). Então descobriu ele que sua religião e seu conhecimento de Deus era “. . .só de ouvir falar, mas agora os meus olhos te vêem, por isso in abomino rn arrependo no pó e na cinza” (Jó 42:5,6). Veio a revelação da santidade de Deus e produziu nele nojo de si mesmo e não apenas remorso pelos seus pecados. “Então vos lembrareis dos vossos pecados e tereis de vós mesmos (Ez. 36:31).

Saiba que, com a sua imundícia natural nunca poderá comparecer perante o Senhor. Você precisa da “lavagem da regeneração e renovação pela palavra” (Tito 3:5), do “sangue do seu filho que nos purifica de todo pecado” (1 Jo. 1:8). Sua “bondade” interesseira e hipócrita tem seguido as ordens do seu coração perverso, pois “há no coração do ímpio a voz da transgressão” (Sl. 53:1), “porque os que se inclinam para a carne cogitam das coisas da carne... porque o pendor da carne dá para a morte” (Rm. 8:5,6).

Se Deus não te arrancar de ti mesmo estás caminhando para o “lago que arde com fogo e enxofre, a saber, a segunda morte” (Ap.21:8).

“Ponha a sua boca no pó, talvez ainda haja esperança”
- Lamentações 3:29

“Aborrecei o mal e amai o bem, e estabelecei na porta o juízo talvez o Senhor, o Deus dos Exércitos, se compadeça do restante de José”
- Amós 5:15

“Paulo respondeu: Assim Deus permitisse, que por pouco ou por muito, não apenas tu, ó rei, porém todos os que me ouvem se tornassem tais quais eu sou, exceto nestas cadeias”
- Atos 26:29

Em vista disto teu clamor deve ser:

“. .. converte-me, e serei convertido; porque tu és o Senhor meu Deus. Na verdade, depois que me
converti, arrependi-me; depois que fui instruído, bati no peito: fiquei envergonhado, confuso, porque levei o opróbrio da minha mocidade”
- Jeremias 31:18,19

Lembra-te que a cura é para os enfermos, a misericórdia é para os miseráveis e por mais que se esforce não conseguirá se tornar limpo diante de Deus, pois “quem do imundo tirará o puro? Ninguém!. “Não te admires de eu te dizer: Necessário vos é nascer de novo!” (João 3:7).

Fonte: Igreja Universal do Reino de Deus

O que significa a Páscoa

Posted by FrTutorial no Brasil
A Páscoa

1.            O que significa a Páscoa?

A verdadeira Páscoa é uma festa anual que comemora a saída do povo de Israel do Egipto. Na noite anterior a sua libertação o anjo da morte iria passar a meia-noite para matar todos os primogénitos egípcios, incluindo os animais, como décima e última praga de Deus sobre o Egipto. Para salvar os filhos de Israel, Deus ordenou que cada família tinha de tomar um cordeiro macho de um ano de idade, sem defeito e sacrificá-lo ao entardecer. Parte do sangue deveria aspergir nas duas ombreiras e na verga da porta de casa. E quando o anjo da morte passasse e visse o sangue na porta passaria por cima daquela casa. Daí a palavra “Páscoa”, do hebreu significa “pular além da marca”, “passar por cima” ou “poupar”. Assim, pelo sangue do cordeiro morto, os judeus foram poupados da morte naquele dia. Deus ordenou o sinal do sangue na porta da csa do Seu povo preparando-o para o advento do Cordeiro de Deus, Jesus Cristo, que séculos mais tarde viria a Se sacrificar para tirar o pecado do mundo. (João 1:29)
Naquela noite específica, os Israelitas deviam estar vestidos e preparados para viajar (Êxodo 12:11). Teriam de assar o Cordeiro e não fervê-lo, e comê-lo com ervas amargas e pão sem fermento (Êxodo 12:1-14). Mas o mundo transformou a festa de liberdade de um povo numa festa pagã, envolvendo coelhos e chocolates.

2.            Qual o sentido da Páscoa judaica para os cristãos?

Para a Igreja Cristã, a Páscoa reúne importantíssimos simbolismos proféticos para falar do Senhor Jesus Cristo. O novo testamento ensina que as festas judaicas são “sombras das coisas futuras” (Colossenses 2:16-17 ; Hebreus 10:1), ou seja, apontam a redenção pelo sangue do Senhor Jesus. Senão, vejamos:
•             O âmago da Páscoa era a graça salvadora de Deus. Ele libertou Seu povo do Egipto, não porque era merecedor, mas porque o amava e porque era fiel a Sua Aliança com seus pais (Deuteronômio 7:7-10). Por semelhante modo, a salvação que recebemos do Senhor Jesus nos vem através da graça de Deus (Efésios 2:8-10 ; Tito 3:4-5).

•             O propósito do sangue aplicado na porta era para livrar da morte o primogénito de cada família. Esse facto prenuncia o derramamento do sangue do Senhor Jesus, o Primogénito de Deus, a fim de nos salvar da morte eterna e da ira de Deus contra o pecado (Êxodo 12:13,23,27 ; Hebreus 9:22). Quer dizer: a salvação dos primogénitos dos homens pelo Primogénito de Deus.

•             O cordeiro pascal era um sacrifício que serviu de substituto do primogénito de cada família. Isto prenuncia a morte do Senhor em substituição a morte dos que O aceitam. Por isso o apóstolo Paulo diz claramente que o Senhor Jesus é o nosso Cordeiro Pascal (I Coríntios 5:7).

•             O cordeiro macho a ser sacrificado tinha de ser perfeito (Êxodo 12:5), e é figura da condição de Jesus sem ser pecado (João 8:46 ; Hebreus 4:15).

•             Alimentar-se do cordeiro identificava os filhos de Israel com o sacrifício do cordeiro, o qual os salvou da morte física. Assim, como no caso da Páscoa, só a morte de alguém sem pecado, ou seja, perfeito, serviria como sacrifício eficaz para a salvação da alma. Ao participarmos da Sua carne na Santa Ceia, o fazemos em memória d’Aquele que não tinha pecado, não tinha culpa ... (I Coríntios 11:24). Mesmo assim, o Senhor fez cair sobre Ele a iniquidade de nós todos ... (Isaías 53:6).

•             A aspersão do sangue nas vergas das portas foi feita na base da fé obediente (Êxodo 12:28 ;
Hebreus 11:28). Essa obediência pela fé resultou então em redenção mediante o sangue (Êxodo 12:7-13). Da mesma forma, a salvação mediante o sangue do Senhor Jesus se obtém somente através da “obediência da fé” (Romanos 1:5 ; 16:26).



A IURD também celebra a Páscoa do seu povo no terceiro domingo de Agosto, logo após a campanha de fé do monte Sinai. Assim, como o povo de Israel foi liberto naquela noite, também o povo da Universal um dia foi livre dos egípcios espirituais, ou seja, dos espíritos destruidores pelo poder do Espírito do Senhor Jesus Cristo.
Welcome to My Blog

Seus estudo Aqui !!!

Seus estudo Aqui !!!
Mande Por Email Pessoal !!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

::::: Radio Nova Adoração ::::

AJUDE NOS AQUI POR FAVOR !

AJUDE NOS AQUI POR FAVOR !

{ RECADINHO RÁPIDO }








Arquivo do Sites

NOVO 30/5/2013










- s; ESTUDO POSTAGEM PROFÉTICA -Missionario Francisco-Missionaria Fatima Blogger - Designed Fra e Fati Somos Uma Familia Missionaria -