google-site-verification: googlefec0aa61c13dd7cc.html Ungido da Cabeça aos Pés
Posted by : FrTutorial no Brasil quinta-feira, 18 de julho de 2013

Todos os dias dou graças a Deus pelo sangue de Cristo. Se hoje
podemos experimentar a unção de Deus em nossa vida e ministério após
a descida do Espírito Santo, devemo-lo ao sangue que Jesus verteu por
nossos pecados.
Ao receber o poder do óleo do Espírito Santo, somos libertos das
amarras de prisões espirituais. O profeta Isaías disse o seguinte:
"E acontecerá naquele dia, que a sua carga será tirada do teu
ombro, e o seu jugo do teu pescoço; e o jugo será despedaçado
por causa da unção." (Is 10.27 — I.B.B.)
Todas as vezes que sinto o toque do poder de Deus, tenho vontade
de dizer como o salmista: "Levanta-se Deus; dispersam-se os seus
inimigos" (Sl 68.1).
Num dos capítulos anteriores, analisamos o processo no qual o
leproso, que simbolizava o pecador, era purificado pelo sangue. Mas
vimos apenas a etapa inicial. Vejamos o que acontecia depois. Após a
aspersão do sangue, o leproso podia ser ungido.
Quando aquele indivíduo, agora purificado, era readmitido no
arraial (Lv 14.8), recebia instruções para pegar "dois cordeiros sem
defeito, uma cordeira, sem defeito, de um ano, e três dízimas de um efa
de flor de farinha para oferta de manjares amassada com azeite, e
separadamente um sextário de azeite" (Lv 14.10).
Em seguida, o sacerdote deveria pegar um dos cordeiros, e oferecêlo
por oferta pela culpa (Lv 14.12), como forma de reparação de um
pecado específico. Depois imolaria "o cordeiro no lugar em que se imola a
oferta pelo pecado e o holocausto, no lugar santo" (Lv 14.13).
É interessante observar que, após o leproso ter sido considerado
limpo e readmitido no arraial, ele tinha de oferecer mais holocaustos.
Da mesma forma, o Senhor Jesus derramou seu sangue somente
uma vez para a remissão de nossos pecados. Mas nós continuamente
pedimos a purificação e a proteção que Deus nos oferece por meio dele. E
quando Jesus ensinou os discípulos a orar, entre outras coisas,
mencionou que deveriam pedir:
"E perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós temos perdoado
aos nossos devedores; e não nos deixes cair em tentação;
mas livra-nos do mal." (Mt 6.12,13.)
O sacerdote aplicava o sangue em três pontos do seu corpo. Mais
uma vez devo dizer que me inspirei no livro de David Alsobrook, The
Precious Blood, para entender a aplicação desse processo em nossa vida
hoje.1 Acredito que Deus tem um propósito específico para cada uma
dessas formas de aplicação do sangue.
Primeiro, "o sacerdote tomará do sangue da oferta pela culpa, e o
porá sobre a ponta da orelha direita" do leproso (Lv 14.14).
Aplicando o sangue ao nosso ouvido, ficamos protegidos das vozes
de inimigos. O salmista clamou ao Senhor nos seguintes termos:
"Atende-me, e responde-me; sinto-me perplexo em minha
queixa, e ando perturbado, por causa do clamor do inimigo e da
opressão do ímpio; pois sobre mim lançam calamidade, e
furiosamente me hostilizam." (Sl 55 2,3.)
Nós os crentes temos autoridade para resistir aos ataques verbais
do inimigo. A Bíblia afirma:
"Toda arma forjada contra ti, não prosperará; toda língua que
ousar contra ti em juízo, tu a condenarás; esta é a herança dos
servos do Senhor." (Is 54.17.)
Qual é a língua que ousa contra nós? A língua mentirosa dos
inimigos do Senhor. Mas nós podemos condenar tais vozes pelo sangue
de Cristo e com a autoridade de sua Palavra.
Sempre que alguém me diz que o diabo tem estado falando ao seu
ouvido, costumo citar-lhe as maravilhosas palavras de Jesus: "As minhas
ovelhas ouvem a minha voz; eu as conheço, e elas me seguem" (Jo 10.27).
Devemos estar ouvindo é a voz do Salvador, e não a de Satanás.
Para isso, precisamos aplicar o sangue à nossa audição.
Em segundo lugar, o sacerdote punha o sangue sobre o "polegar da
sua mão direita" (Lv 14.14).
1 Alsobrook, op. cit.
As mãos representam o trabalho que realizamos. É muito bom
saber que o Senhor nos dá orientação e proteção também com relação ao
trabalho. O poeta sacro ora a Deus nos seguintes termos:
"Seja sobre nós a graça do Senhor nosso Deus; confirma sobre
nós as obras de nossas mãos, sim, confirma a obra das nossas
mãos." (Sl 90.17.)
E Deus disse a Isaías:
"Dar-lhes-ei fielmente a sua recompensa e com eles farei
aliança eterna." (Is 61.8.)
Por último, o sacerdote aplicava o sangue "sobre o polegar do seu
pé direito" (Lv 14.14).
Os pés simbolizam nosso caminhar com o Senhor. "Se, porém,
andarmos na luz, como ele está na luz, mantemos comunhão uns com os
outros, e o sangue de Jesus, seu Filho, nos purifica de todo pecado." (1 Jo
1.7.)
Aspergir e Derramar
Depois que o sacerdote aplicava o sangue na orelha, na mão e no pé
do leproso, seguia-se a aplicação do azeite. Era como se Deus dissesse:
"Agora vem a unção."
Era a continuação do processo. As instruções eram as seguintes: o
sacerdote "tomará do sextário de azeite, e o derramará na palma da
própria mão esquerda. Molhará o dedo direito no azeite que está na mão
esquerda, e daquele azeite aspergirá com o dedo sete vezes perante o
Senhor" (Lv 14.15,16).
Sempre que o azeite da unção é mencionado na Bíblia, ele
representa a operação do Espírito Santo em nós, que nos consagra e
capacita para o serviço cristão.
É muito importante entendermos que Deus só unge o que já foi
coberto pelo sangue. A unção do Espírito vem depois do sangue. O azeite
era aspergido sete vezes — sendo sete o número divino da totalidade —
simbolizando uma unção completa.
O passo seguinte pode parecer uma repetição, mas em realidade é
diferente; é um ato inteiramente novo. O sacerdote pegava o azeite e o
colocava na orelha direita, no polegar da mão direita e no polegar do pé
direito do leproso.
Ele já havia posto sangue nesses mesmos pontos, agora o azeite da
unção era colocado sobre o sangue. Onde há o sangue da cruz, aí também
há a unção do Espírito Santo.
Acredito que a unção amplia os benefícios do sangue.
 Quando o sangue é aplicado à nossa audição, deixamos de ouvir
a voz do inimigo. Depois Deus aplica a unção para que possamos
ouvir a voz dele.
 Quando o sangue é aplicado às nossas mãos, o diabo não pode
tocar no trabalho que realizamos para Deus. A unção que se segue
vem multiplicar nossos esforços.
 Depois que o sangue é aplicado ao nosso caminhar, Deus unge
nossos passos para que possamos caminhar com ele.
Nosso andar também precisa ser lavado com a Palavra. Jesus
afirmou o seguinte:
"Quem já se banhou não necessita de lavar senão os pés." (Jo
13.10.)
Nós fomos remidos e lavados pelo sangue, mas nosso caminhar
precisa ser purificado pela Palavra diariamente (Ef 5.26). Por quê?
Porque nossa vida acha-se constantemente em contato com o pó deste
mundo.
Quando Deus instruiu a Moisés sobre a construção do tabernáculo
no Velho Testamento, deu-lhe detalhes precisos com relação a todos os
aspectos dele, inclusive às roupas que os sacerdotes iriam usar. Mas não
deu nenhuma instrução sobre calçados. (Ver Êxodo 39.) Eles deveriam
estar sempre descalços para se lembrarem de que ainda tinham contato
com o pó da terra.2
 (Enciclopédia bíblica básica internacional), Grand Rapids, Mich.;
Wm B. Eerdmans Publishing Co., 1982.
Nós os crentes achamo-nos continuamente em contato com o
mundo. Por essa razão precisamos orar ao Senhor todos os dias,
pedindo-lhe:
"Senhor, purifica-me e lava-me de novo."
Da Cabeça aos Pés
E agora? O que o sacerdote deverá fazer com o restante do azeite?
Deus ordenou o seguinte:
"O restante do azeite que está na mão do sacerdote, pô-lo-á
sobre a cabeça daquele que tem de purificar-se: assim o
sacerdote fará expiação por ele perante o Senhor." (Lv 14.18.)
Deus deseja cobrir-nos totalmente, da cabeça aos pés, com o óleo
do Espírito Santo. Quer envolver com ele nossos pensamentos, nossa
visão, nossas palavras, enfim, todo o nosso viver. Depois que
experimentamos a expiação efetuada pelo sangue, temos também a
unção do Espírito.
Entretanto muitas pessoas temem não poder receber a unção
divina, devido aos erros do passado. Meu amigo, veja a seguir o efeito que

o sangue derramado por Cristo tem sobre o seu passado.

DEIXE SEU COMENTÁRIO !!!

Atenção:

Faça seu comentário dentro do assunto tratado acima;
Não divulgue endereço(s) de Sites ou Blogs;
Comentário que conterem divulgação serão moderados, somente serão aceitos links caso necessite de informar alguma fonte;
Proibido Spans;
Não faça Comentários Ofensivos, Ameaças, ou Termos preconceituosos.

OPINE, DÊ SUA SUGESTÃO, CONTATO, DÚVIDAS ETC. OBRIGADO DESDE JÁ !!!

Inscrever-se para Posts | Subscrever Comentários

Welcome to My Blog

::::: Radio Nova Adoração ::::




Nossa Pagina no Facebook

Seus estudo Aqui !!!

Seus estudo Aqui !!!
Mande Por Email Pessoal !!

AJUDE NOS AQUI POR FAVOR !

{ RECADINHO RÁPIDO }




- s; ESTUDO POSTAGEM PROFÉTICA -Missionario Francisco-Missionaria Fatima Blogger - Designed Fra e Fati Somos Uma Familia Missionaria -