google-site-verification: googlefec0aa61c13dd7cc.html Autoridade Obediência e Submissão
Posted by : FrTutorial no Brasil quarta-feira, 11 de setembro de 2013

AUTORIDADE E SUBMISSÃO.
1 .Autoridade Obediência e Submissão
O reino de Deus põe fim a nossa independência e nosso individualismo. Na igreja não há democracia, mas teocracia. Democracia é o governo do povo, pelo povo, e para o povo; mas a igreja não é do povo, é de Deus. Portanto, na igreja temos uma teocracia: ‘governo de Deus’
Romanos 11.36.

A. Deus Delega Autoridades em Todas as Áreas da Vida:

Autoridade Delegada: Romanos 13.1 - O princípio de autoridade delegada é que rege todas as relações do homem com o homem, bem como do homem para com Deus. Todas as coisas estão debaixo deste princípio, nada está solto. Este é um princípio de ordem e paz, nunca de confusão. Deus assim criou todas as coisas, mas ao rebelar-se, Lúcifer gerou a confusão. E, pior, está levando todos os homens a viverem debaixo do princípio de rebelião.
Como funciona o princípio de autoridade delegada? Na Trindade temos que o Pai é igual ao Filho,
que é igual ao Espírito Santo. Na essência os três são iguais. Todavia, o Pai, o Filho e o Espírito Santo são diferentes nas funções.
O Pai enviou o Filho (Jo 4.34).
O Filho veio (Jo 16.28).
O Filho foi obediente ao Pai (Jo 8.29).
O Filho enviou o Espírito Santo (Jo 15,26;14.26).
O Espírito Santo veio (At 2.16-17). O Espírito Santo é obediente ao Filho (Jo 16.12-15).
Civil: Rm 13.1-3.
Trabalho: Ef 6.5-6; Tt 2.9-10; 1 Tm 6.1-2.
Família: Ef 5.22-24; 6.1-4.
Igreja: 1Co 12.28
Todo discípulo do Senhor, onde estiver, procura saber quem é a autoridade, para a ela se submeter. Não há espaço para o "super-espiritual".

No pecado nós éramos rebeldes a Deus (independentes de Deus) Efésios 2.3, e éramos individualistas (independentes dos homens) Judas 8; mas, agora, batizados em Cristo Jesus, estamos debaixo da autoridade e do governo de Deus - I Pedro 3.15.

2. DEVEMOS NOS SUBMETER

a) Aos pastores e presbíteros (I Tessalonicenses 5.12-13; Hebreus 13.17);
b) Aos demais líderes e discipuladores (I Coríntios 16.16);
c) Nas juntas de companheirismo (Efésios 5.21).

Prosperidade em todos os campos de nossas vidas: saúde, paz, tranquilidade financeira, relacionamentos saudáveis, famílias abençoadas, abundância espiritual...
A obediência gera bênçãos.

Quando obedecemos a Deus, provamos o quanto o amamos.

4 Ser Autoridade Delegada Por Deus Somente aquele que está sob autoridade na igreja poderá receber autoridade.

3. COMO SUBMETER-SE

a) Procurando ajuda e conselho nas juntas de companheirismo;
b) Procurando ajuda e conselho no discipulador, líder ou pastor; acatando conselhos e
orientações;
c) Me sujeitando a correções e admoestações; sendo tratável e maleável;
d) Confessando os pecados.

“E será que, se ouvires a voz do Senhor teu Deus, tendo cuidado de guardar todos os seus mandamentos que eu hoje te ordeno, o Senhor teu Deus te exaltará sobre todas as nações da terra.” (Dt 28.1)
No capítulo 28, nos versículos de 1 a 14 de Deuteronômio, Moisés coloca para o povo de Israel todas as bênçãos que o Senhor daria. Porém teria uma condição: OBEDECER.
Quanto o Senhor tem a nos dar!

A Palavra nos diz em Deuteronômio 10.12-13 “Agora, pois, ó Israel, que é que o Senhor teu Deus
requer de ti, senão que temas o Senhor teu Deus, que andes em todos os seus caminhos, e o ames, e sirvas ao Senhor teu Deus de todo o teu coração e de toda a tua alma, que guardes os mandamentos do Senhor, e os seus estatutos, que eu hoje te ordeno para o teu bem?” O segredo da prosperidade é a obediência.  

Não é possível ser autoridade e ser independente. O exemplo é o que respalda a autoridade.
No mundo, "os governadores dos povos os dominam" e "os maiorais exercem autoridades sobre eles" (Mt 20.25). Além do mais, são sempre servidos. No Reino de Deus, paradoxalmente, é bem diferente: a autoridade é para servir: "quem quiser ser grande entre vós. será o que vos sirva" (Mt 20.26-27). A motivação da autoridade deve ser sempre o serviço. Não podemos usar a autoridade que recebemos em benefício próprio.
O princípio da autoridade deve ser respeitado e vivido quotidianamente, pois é um princípio de Deus que, praticado, é uma bênção. Abandonado, não respeitado, poderá redundar em maldição. Davi, submisso à autoridade de Deus, foi, por Ele, considerado o homem segundo o seu coração. Foi uma bênção.

Os Frutos da Sujeição. Quando o homem vive no princípio de submissão às autoridades delegadas por Deus, ele desfruta de benefícios desejados por todos os homens, a saber:
paz, ordem e harmonia no corpo de Cristo;
edificação e formação de vidas;
unidade e saúde na igreja;
cobertura e proteção espiritual

DEIXE SEU COMENTÁRIO !!!

Atenção:

Faça seu comentário dentro do assunto tratado acima;
Não divulgue endereço(s) de Sites ou Blogs;
Comentário que conterem divulgação serão moderados, somente serão aceitos links caso necessite de informar alguma fonte;
Proibido Spans;
Não faça Comentários Ofensivos, Ameaças, ou Termos preconceituosos.

OPINE, DÊ SUA SUGESTÃO, CONTATO, DÚVIDAS ETC. OBRIGADO DESDE JÁ !!!

Inscrever-se para Posts | Subscrever Comentários

Welcome to My Blog

spider ad

POWr Multi Slider

Nossa Pagina no Facebook

Seus estudo Aqui !!!

Seus estudo Aqui !!!
Mande Por Email Pessoal !!

AJUDE NOS AQUI POR FAVOR !

{ RECADINHO RÁPIDO }




Arquivo do Sites

- s; ESTUDO POSTAGEM PROFÉTICA -Missionario Francisco-Missionaria Fatima Blogger - Designed Fra e Fati Somos Uma Familia Missionaria -