google-site-verification: googlefec0aa61c13dd7cc.html Estudos Biblicos os10 monstros mais
Posted by : FrTutorial no Brasil sexta-feira, 28 de julho de 2017



ESTUDO BIBLICOS
89% da população brasileira é cristã, ou seja, tem a Bíblia como livro fundamental. Em teoria, todas deveriam seguir os rigorosos ensinamentos do livro, mas na prática a maioria só finge e fica de boa.
Menos mal, afinal tem algumas passagens, digamos, contraditórias no livro sagrado. Por exemplo a quantidade de monstros assustadores e fantasiosos existentes no livro. Alguns dizem que são metáforas, outros dizem que não existem metáforas na bíblia. Então confira a lista e tire suas próprias conclusões.
10. O Behemoth

Em Jó, um dos mais antigos livros da Bíblia, o Behemoth é descrito como uma criatura gigantesca e poderosa que só pode ser domesticado por Deus. Sua cauda é tão grande que faz ele “se mover como uma árvore”. Esta descrição tem levado alguns criacionistas a crer que Behemoth era  um dinossauro. Mas a criatura mencionada tem um umbigo, ou seja, não saiu de um ovo.
Estudiosos menos criativos têm sugerido que o Behemoth é simplesmente uma descrição poética de uma criatura gigante real, como um hipopótamo.
9. Primeira Besta

O livro do Apocalipse é ótimo para se encontrar monstros, mas não há acordo sobre  o conteúdo do livro. Uns acham que são visões do futuro e outros acham que são descrições do passado.
A “primeira besta de Apocalipse”, chamado assim porque é o primeiro a ser mencionado no livro e ninguém sugeriu um nome melhor, é um monstro de sete cabeças e dez chifres que emerge do mar. Ele também possui os pés de um urso, a boca de um leão e a aparência geral de um leopardo. Teólogos e estudiosos da Bíblia têm interpretado esse animal como símbolo de tudo, desde o Papado do século primeiro imperador romano Nero.
Já eu diria que é simplesmente um Megazorde. Ou não parece?
8. A segunda besta

Esta besta, que logicamente vem depois da primeira, se levanta da terra. Ela tem dois chifres e fala “como um dragão”. Eu nunca ouvi um dragão falar, mas imagino que deve ser assustador. A função dele é realizar falsos milagres que incentivam as pessoas a adorarem a primeira besta. Ele também permite que a primeira besta mate qualquer um que não adora-los. Mais uma vez, as interpretações são variadas: tem sido descrito como um símbolo para tudo, desde o profeta Maomé ao moderno dos Estados Unidos.
7. Unicórnios

Unicórnios são mencionados nove vezes na Bíblia do Rei Jaime, uma tradução medieval feita sob ordem do Rei Jaime I e que até hoje é a oficial da igreja Anglicana. Infelizmente, os linguistas descobriram que re’em, palavra hebraica traduzida como ‘unicórnio’ nesta Bíblia, na verdade, refere-se ao auroque, um antepassado distante da vaca moderna que foram extintos no século 17. O que é uma pena, porque unicórnios são muito mais interessantes do que as vacas grandes.
Na verdade, um monte de “criaturas míticas” na Bíblia do Rei Jaime foram adicionados por tradutores medievais que estavam mais interessados ​​em serem poéticos do que em garantir que suas criaturas existiam. Não duvido que esse tipo de erro de tradução não aconteça na versão tradicional da Bíblia.
6. Gafanhotos de Abaddon

Esses caras são governados por Abaddon, o anjo do abismo, cujo nome significa “Destruidor”. Como eles aparecem em Apocalipse, obviamente não são gafanhotos normais: parecem cavalos de guerra, têm as caudas de escorpião, rostos humanos, cabelo comprido e usam coroas de ouro e couraças blindadas. Suas caudas de escorpião são usadas para picar suas vítimas, uma experiência que é tão dolorosa que as vítimas “buscarão a morte, e não a acharão”. Cacilda!
5. Os 200 milhões de cavaleiros

Este exército épico também aparece nas visões do Apocalipse, que não deve ser confundido com os Quatro Cavalheiros, aqueles que simbolizam Morte, Guerra, Fome e Peste. Aliás, não dá para confundi-los com ninguém. Seus cavalos têm cabeças de leões, caudas semelhantes a serpentes e cospem fumaça, fogo e enxofre de suas bocas. Eles chegam a matar um terço de toda a humanidade. São liderados por quatro anjos caídos, o que nunca é bom (vide o que Lúcifer fez/faz).
4. Bestas de Daniel

Como o Apocalipse, o livro de Daniel é cheio de visões que simbolizam eventos do mundo real. Em uma dessas visões, Daniel vê nada menos que quatro monstros emergirem do mar: um deles é um leão com asas de águia, que depois se transforma em uma criatura com aparência humana e tem suas asas arrancadas, outra é uma criatura parecida com um urso, outro parece um leopardo com quatro asas e quatro cabeças, e o último tem dentes de ferro e dez chifres, com os quais ele destrói toda a terra. Dizem que estes animais representam as quatro nações que existiam nos dias de Daniel.
3. O Dragão

Outra besta do Apocalipse, o grande dragão é descrito como tendo sete cabeças e dez chifres (algo que é típico do Apocalipse). Ele também tem uma cauda capaz de varrer um terço das estrelas do céu. O autor identifica mais tarde este dragão como o próprio Satanás, que luta contra os anjos de Deus e é lançado no inferno.
A Bíblia do Rei Jaime se refere a ‘dragões’ em outros lugares, mas como as menções de “unicórnios”, são erros de tradução. A maioria das versões modernas da Bíblia identifica-os como chacais, hienas ou cobras.
2. O Nephilim

Muita confusão envolve o Nephilim, ou “caído”, que aparecem em Gênesis e são descritos apenas como descendentes de “filhos de Deus” e “filhas dos homens”. Para alguns, isso significa que Nephilims são filhos de anjos e mulheres humanas (quem disse que anjos não tem sexo?). Outra explicação, menos interessante, é que a passagem se refere a mistura de duas tribos humanas: as descendentes do “piedoso” Seth e os descendentes do malvadão Cain. Se isso parece muito chato, não se preocupe: há também uma comunidade de Internet que acredita que o Nephilim eram extraterrestres. ETs bíblicos, minha gente!!!
1. Leviatã

O segundo maior monstro descrito no livro de Jó, Leviatã é uma enorme criatura marinha que não liga para as armas humanas, exala fogo e fumaça de suas narinas. Leviatã está provavelmente relacionado a outro monstro chamado Lotã, uma serpente de sete cabeças gigante que representa o caos primordial. Tal como acontece com muitas outras criaturas bíblica, existem algumas teorias menos emocionantes que insistem que Leviatã é só uma descrição poética de um crocodilo, apesar que crocodilos não soltavam fogo última vez que vi.


ESTUDO BIBLICOS


DEIXE SEU COMENTÁRIO !!!

Atenção:

Faça seu comentário dentro do assunto tratado acima;
Não divulgue endereço(s) de Sites ou Blogs;
Comentário que conterem divulgação serão moderados, somente serão aceitos links caso necessite de informar alguma fonte;
Proibido Spans;
Não faça Comentários Ofensivos, Ameaças, ou Termos preconceituosos.

OPINE, DÊ SUA SUGESTÃO, CONTATO, DÚVIDAS ETC. OBRIGADO DESDE JÁ !!!

Inscrever-se para Posts | Subscrever Comentários

Welcome to My Blog

::::: Radio Nova Adoração ::::

Nossa Pagina no Facebook

Seguidores

internet explorer 11

Seus estudo Aqui !!!

Seus estudo Aqui !!!
Mande Por Email Pessoal !!

AJUDE NOS AQUI POR FAVOR !

{ RECADINHO RÁPIDO }








Arquivo do Sites

NOVO 30/5/2013










- s; ESTUDO POSTAGEM PROFÉTICA -Missionario Francisco-Missionaria Fatima Blogger - Designed Fra e Fati Somos Uma Familia Missionaria -