Posted by : FrTutorial no Brasil terça-feira, 5 de novembro de 2013

I CORÍNTIOS 15.1-8 Quando Jesus ensinou os discípulos sobre a ceia, ensinou que essa ordenança, que anuncia “a morte do Senhor”, deve ser observada “até que venha” (I Co 11.26). A ceia do
Senhor anuncia claramente a humilhação de Cristo, pois Ele esvaziou-se e tomou forma
de servo para ser o Salvador dos pecadores arrependidos (Filipenses 2.6-8). O fato que o
anúncio da Sua morte deve ser lembrado repetidas vezes, “até que venha”, declara abertamente
que “Esse Jesus, que dentre vós foi recebido em cima no céu, há de vir assim como
para o céu o vistes ir” (Atos 1.11). A Ceia do Senhor é ligada diretamente à ressurreição e
à ascensão de Cristo. E a ressurreição e a ascensão declaram a Sua exaltação.
Se a celebração da Ceia do Senhor anuncia vividamente a humilhação do Senhor
pela Sua morte, as instruções de celebrá-la, “até que venha”, proclamam convincentemente
a Sua ascensão ao Pai. A ascensão de Cristo anuncia para todos que têm ouvidos para
ouvir a exaltação soberana de Cristo pelo Pai.
Os anjos convidaram os discípulos a ver o lugar onde Cristo jazia (Mateus 28.6).
Vendo o lugar vazio, confirmaram a veracidade da profecia de Cristo e todos os profetas,
que Ele ia ressurgir. O testemunho ocular do túmulo vazio deveria ter fortalecido a fé
dos discípulos na obra redentora de Cristo. Cristo foi ressuscitado para a justificação dos
Seus e para tornar a ser as primícias daqueles que “dormem” (Gill, comentário de Mateus
28.6; Salmo 16.11; I Coríntios 15.12,20). Portanto, na ressurreição de Jesus dos mortos,
ao terceiro dia, a exaltação de Cristo é percebida.
A ressurreição de Cristo, ou seja, o próprio ato não foi testemunhado. Mas foi
verificada gloriosamente pelo fato que Cristo foi visto “por Cefas, e depois pelos doze.
Depois foi visto, uma vez, por mais de quinhentos irmãos... Depois foi visto por Tiago,
depois por todos os apóstolos”, e também por Paulo (I Coríntios 15.5-8). Essa verificação
testemunhava da divindade de Cristo (João 20.28 “E Tomé respondeu, e disse-lhe: Senhor
meu, e Deus meu!”). Por ser ressurreto, Ele foi exaltado, pois foi “declarado Filho de Deus
em poder” (Romanos 1.4).

AS ORDENANÇAS DA IGREJA
A ascensão e exaltação de Cristo ao céu são de grande importância. O fato que a
ascensão foi assistida, de dia, pelos apóstolos, manifesta clara e publicamente a certeza da
Sua divindade, a aprovação Divina da Sua obra redentora e a Sua exaltação. A ascensão,
que a Ceia do Senhor declara todas as vezes que comemos tal pão e bebemos tal cálice
“até que venha”, é importante pelas seguintes razões:

1. Foi uma confirmação da verdade do Evangelho, “grande mistério da piedade” (I
Timóteo 3.16).

2. Os apóstolos poderiam testemunhar pessoalmente da verdade, claramente vista
por todos, que Jesus verdadeiramente está no céu. Disso não deviam ter dúvida. Ressaltou

também a verdade que o reino de Cristo é espiritual, e não, até este ponto pelo menos,
terreno.

3. Ressaltou que Cristo terminou a obra que o Pai O deu a fazer na terra (João
17.4; 19.30).

4. Abriu o caminho para o Espírito Santo descer para fazer a Sua parte na obra da
redenção (João 16.7).

5. Abriu o caminho para Jesus começar outra obra celestial: a de intercessão. No
Velho Testamento, o sumo sacerdote não só fazia a expiação, como também apresentava o
sangue do holocausto diante da presença de Deus, no propiciatório, para o povo (Levítico
16.11-14). Cristo fez o mesmo ainda mais gloriosamente (Hebreus 9.7,8,11,12). Essa
obra de representação em prol dos Seus obtém, para nós, a graça e misericórdia necessária
para uma vida cristã vitoriosa (Hebreus 4.16).

6. Jesus exaltado assumiu o exercício do Seu ofício de Rei (I Coríntios 15.25) (Barnes
New Testament Notes, Online Bible, comentário de Atos 1.9).

7. Manifestou Cristo com sendo verdadeiramente Deus (I Timóteo 3.16).
“E, sem dúvida alguma, grande é o mistério da piedade: Deus se manifestou em carne,
foi justificado no Espírito, visto dos anjos, pregado aos gentios, crido no mundo,
recebido acima na glória” (I Timóteo 3.16).
O fato que Cristo foi “recebido acima na glória” determina a Sua exaltação, pois Ele
voltou a manifestar a glória que tinha com Seu Pai, antes de ocultar tal glória, ao esvaziar-
-se e tomar a forma de servo (João 17.5, 24). Tudo que envolve Cristo sendo “recebido
acima na glória” faz parte, “sem dúvida alguma” de um “mistério da piedade”.
Paulo ensina Timóteo um “mistério”, algo que foi oculto para os do Velho Testamento, agora entendido na Pessoa e Obra de Cristo. Parte deste grande mistério refere-se
a Sua ascensão ao céu. “Nenhum evento foi maior, em todo o universo, do qual temos
conhecimento, do que a ascensão do vitorioso Filho de Deus à glória, para onde foi depois
de ter feito a redenção de um mundo” (Barnes New Testamente Notes, Online Bible,
comentário de I Timóteo 3.16). Portanto percebemos a Sua exaltação pela singularidade
da Sua ascensão.
Os gentios daquele dia, como muitos povos hoje, tinham filosofias religiosas que
continham muitas invenções misteriosas. A consideração do mistério de piedade, de Jesus
Cristo, superou gloriosamente qualquer invenção do homem. Esse mistério, revelado pela
vida de Cristo, culminou-se em Cristo sendo recebido em cima, e assim Ele anunciou a
Sua superioridade e divindade (John Owen, Cristologia).
A ressurreição e a ascensão de Cristo anunciam a exaltação de Cristo, pois, por ser
recebido em glória, Cristo é estabelecido para julgar o mundo. Atos 17.31: “Portanto
tem determinado um dia em que com justiça há de julgar o mundo, por meio do varão
que destinou; e disso deu certeza a todos, ressuscitando-o dos mortos”. João 5.22, “E
também o Pai a ninguém julga, mas deu ao Filho todo o juízo”. Este juízo é dado ao Filho
“para que honrem o Filho” (v.23), exaltando-O. Essa exaltação, como Juiz, manifesta que
devemos a nossa obediência a Deus por Cristo, pois nós devemos, no fim, “compadecer
ante o tribunal de Cristo” (Romanos 14.10-12). Deus nos julgando pelo Filho exalta-O,
pois para julgar necessita de poder e autoridade, os quais o Pai tem dado ao Filho (Mateus
28.18).
A exaltação de Cristo é manifesta por Deus, “segundo a operação da força do Seu
poder, que manifestou em Cristo, ressuscitando-O dentre os mortos, e pondo-O à Sua direita
nos céus” (Efésios 1.19,20). Nesta posição de exaltação, Cristo estará quando Deus julgar
todos no último julgamento.
Salmos 18.37-46 refere-se à glória que Deus recebe por Cristo vencer sobre todos
os seus inimigos, que são: os anjos que caíram, o próprio Satanás, e todo homem que
não ama os Seus mandamentos (Apocalipse 20.7-15; I João 2.4-6,15-17,22-23; Mateus
7.21-23). A Ceia do Senhor manifesta essa gloriosa exaltação de Cristo, pois nos focaliza
não somente na Sua humilhação, mas também na Sua ascensão, e, consequentemente, na
glória da Sua exaltação. Até que Ele venha, Ele goza da exaltação soberana que Deus lhe
deu por ser obediente em tudo (Filipenses 2.8-11).
Cristo foi exaltado pela Sua ascensão e virá, em juízo, sobre todos que não se curvaram
a Ele como Senhor. Portanto, não se contente com uma vida moral e religiosa,
mas que não é submissa ao Rei Jesus, que com retidão julgará o mundo (Atos 17.31).
Pela exaltação de Cristo sobre a morte, sobre o pecado, sobre Satanás e sobre qualquer
outro nome ou poder, convém a nós examinar a nós mesmos se estamos nEste exaltado
Salvador e Juiz (II Coríntios 13.5 “Examinai-vos a vós mesmos, se permaneceis na fé;
provai-vos a vós mesmos. Ou não sabeis quanto a vós mesmos, que Jesus Cristo está em
vós? Se não é que já estais reprovados”).
A exaltação de Cristo anunciada pela Ceia do Senhor, sendo celebrada até que Ele
venha, nos impele a fazer a nossa vocação e eleição firme. A nossa eleição é confirmada
quando o homem novo é exteriorizado pela obediência da Palavra de Deus, com temor
e tremor (Filipenses 2.12). Como vai a sua obediência? O Cristo exaltado por Deus é
exaltado pela sua vida Cristã? Então se pode tomar a Ceia do Senhor anunciando a Sua

morte, até que Ele venha.

DEIXE SEU COMENTÁRIO !!!

Atenção:

Faça seu comentário dentro do assunto tratado acima;
Não divulgue endereço(s) de Sites ou Blogs;
Comentário que conterem divulgação serão moderados, somente serão aceitos links caso necessite de informar alguma fonte;
Proibido Spans;
Não faça Comentários Ofensivos, Ameaças, ou Termos preconceituosos.

OPINE, DÊ SUA SUGESTÃO, CONTATO, DÚVIDAS ETC. OBRIGADO DESDE JÁ !!!

Inscrever-se para Posts | Subscrever Comentários

Welcome to My Blog

internet explorer 11

Seus estudo Aqui !!!

Seus estudo Aqui !!!
Mande Por Email Pessoal !!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

::::: Radio Nova Adoração ::::

AJUDE NOS AQUI POR FAVOR !

{ RECADINHO RÁPIDO }








Arquivo do Sites

NOVO 30/5/2013










- s; ESTUDO POSTAGEM PROFÉTICA -Missionario Francisco-Missionaria Fatima Blogger - Designed Fra e Fati Somos Uma Familia Missionaria -