Posted by : FrTutorial no Brasil terça-feira, 25 de março de 2014

ENTRE O MEDO EA FÉ.................................Que a graça e a paz do Senhor Jesus sejam abundantes em sua vida!
Neste estudo bíblico, aprenderemos sobre o medo e a fé. Leremos uma passagem bíblica que relata a história de um homem extremamente medroso e o livramento que Deus deu a ele e a todo o povo de Israel contra grandes inimigos. Para refletir, responda a estas perguntas?
Você é medroso(a)?
Você já deixou de fazer algo por medo e soube que, se tivesse feito, teria desfrutado da vontade de Deus para sua vida?
Ore agora
Faça uma oração neste momento para pedir ao Espírito Santo que lhe faça compreender a Palavra de Deus, de forma que sua vida seja edificada e sua fé acrescida.
Durante o estudo, tenha em mãos (ou acesse na Internet) uma Bíblia para ler os versículos citados. Essa hábito lhe permitirá aproximar da Palavra de Deus cada dia mais.
O medo e a fé
O medo é gerado muitas vezes por causa de traumas, que são feridas na alma. A cada vez que você é colocado
em uma situação semelhante àquela em que você ficou traumatizado, você relembra aquele fato e o seu cérebro provoca reações em sua emoção ou até mesmo em seu corpo (calafrios, mal estar, etc).
Ter medo é bem diferente de ter temor ao Senhor. Temer ao Senhor é respeitá-lo e reverenciá-lo, reconhecendo a sua grandeza e santidade (Provérbios 14:2). O "temor a Deus" não é medo que faz fugir Dele (1 João 4:18); é, antes, respeito (Hebreus 12:28), amor (Mateus 22:37), obediência (Eclesiastes 12:13; Atos 10:35; 2 Coríntios 7:1) e adoração a ele (Deuteronômio 6:13-15).
Sempre que agimos por medo não agimos com a fé, pois o medo nos faz ver os obstáculos ao invés da vitória. A fé no Senhor Jesus é totalmente oposta ao medo, pois traz à existência aquilo que não existe (Hebreus 11:1).
Para compreendermos mais sobre o medo e a fé, iremos refletir sobre a história de Gideão, que está relatada na Bíblia nos capítulos 6 e 7 do livro de Juízes. Para facilitar a leitura, os versículos foram extraídos da Bíblia com a Nova Tradução na Linguagem de Hoje (NTLH).
Contextualizando: os midianitas
O povo de Israel havia pecado contra Deus, e por isso Ele permitiu que o povo de Midiã, os midianitas, o
dominasse por 7 anos. Para se esconder dos midianitas, os israelitas ficavam em cavernas e em lugares seguros nas montanhas. Sempre que os israelitas semeavam, os midianitas vinham com os amalequitas e os povos do deserto para atacá-los, destruindo toda a colheita e não deixando sequer uma ovelha, uma vaca ou um jumento para eles viverem. (Juízes 6:1-4).
Imagine-se na situação dos israelitas. Durante 7 anos da sua vida, todo o seu trabalho para sobreviver é destruído. Eles já não aguentavam mais e lembraram-se do Senhor para pedir socorro naquela situação. (Juízes 6:5-6)
Então, Deus enviou um profeta para lembrar os israelitas do pecado que havíam cometido: eles adoraram outros deuses (os deuses dos amorreus) e esqueceram do verdadeiro Deus, que os tirou da terra do Egito e livrou-os dos inimigos que habitavam na terra em que eles estavam. (Juízes 6:7-10)
Deus chama Gideão para livrar Israel
Após isso, Deus manda um anjo chamar um homem para liderar a batalha contra os midianitas: nada mais, nada menos que Gideão (Juízes 6:11).
Juízes 6:11
"Então o Anjo do SENHOR veio e sentou-se debaixo de um carvalho que havia perto do povoado de Ofra. Esse
carvalho pertencia a Joás, que era da família de Abiezer. O seu filho, Gideão, estava malhando trigo no tanque de pisar uvas, escondido, para que os midianitas não o encontrassem."
Pense um pouco: Deus poderia eliminar os inimigos dos israelitas sem qualquer intervenção humana, porém Deus não age assim. Ele espera que haja pessoas que creiam Nele e estejam dispostas a servi-lo. Gideão estava mais ou menos disposto, pois o medo não o permitia se dispor e não o deixava crer.
No versículo 11, é possível observar que Gideão estava escondido, o que nos permite compreender que ele também tinha medo dos midianitas chegarem e destruírem tudo de novo, afinal foram 7 anos assim. Então, Gideão ouve o anjo do Senhor lhe dizer "Você é corajoso, e o Senhor está com você!" (Juízes 6:12).
Juízes 6:12
"Então o Anjo do SENHOR apareceu a ele e disse: —Você é corajoso, e o SENHOR está com você!"
Essa afirmação do anjo parece até irônica, pois que homem corajoso era aquele que estava se escondendo? Talvez Gideão realmente fosse corajoso, mas todos aqueles anos sofrendo com a opressão dos midianitas o deixaram extremamente covarde.
Duvidando do que o anjo havia lhe dito, Gideão respondeu demonstrando a sua incredulidade e a sua insatisfação com Deus (Juízes 6:13).
Juízes 6:13
"Gideão respondeu: —Se o SENHOR Deus está com o nosso povo, por que está acontecendo tudo isso com a gente? Onde estão aquelas coisas maravilhosas que os nossos antepassados nos contaram que o SENHOR costumava fazer quando nos trouxe do Egito? Ele nos abandonou e nos entregou aos midianitas."
Mesmo tendo ouvido seus pais e avós contarem todas as maravilhas que Deus havia operado em favor dos israelitas, Gideão não acreditava em Deus.
Não é assim que nós fazemos quando algo parece estar errado? Não acusamos Deus de nos abandonar? Porém, Deus nunca nos abandonou e nunca nos abandonará; Ele espera somente que nós peçamos socorro a Ele, creiamos Nele e estejamos dispostos a servi-Lo.
Ouvindo a insatisfação de Gideão, Deus ordena que ele livre o povo de Israel dos midianitas, mas Gideão responde com um certo "complexo de inferioridade" (Juízes 6:14-15).

Juízes 6:14-15
"Então o SENHOR Deus ordenou a Gideão: —Vá com toda a sua força e livre o povo de Israel dos midianitas. Sou eu quem está mandando que você vá. Gideão respondeu: —Senhor, como posso libertar Israel? A minha família é a mais pobre da tribo de Manassés, e eu sou a pessoa menos importante da minha família."
Porém, o Senhor disse a Gideão que estaria com ele para ferir aos midianitas como se fossem um único homem (Juízes 6:16).
Juízes 6:16
"Mas o SENHOR disse: —Você pode fazer isso porque eu o ajudarei. Você esmagará todos os midianitas como se eles fossem um só homem."
Você pode estar pensando que, após ouvir Deus, Gideão certamente faria o que Ele disse. Você faria? Você fez?
Gideão precisava ver para crer. Isso não é fé. Isso é medo.
O próprio medo de Gideão não lhe permitia ver a vitória sobre os midianitas.
Tentando se livrar do medo, Gideão pediu um sinal ao Senhor (Juízes 6:17-18).
Juízes 6:17-18
"Gideão respondeu: —Se tu estás contente comigo, então dá-me uma prova de que és tu mesmo que estás falando. E, por favor, não vás embora até que eu te traga uma oferta. —Eu ficarei aqui até você voltar! —disse Deus."
Então, Gideão cozinhou um cabrito e fez pão sem fermento com mais ou menos dez quilos de farinha. Isso nos permite entender que ele demorou um pouco até voltar. Talvez ele estivesse esperando que o anjo do Senhor não estivesse mais lá, assim ele estaria livre de ter que batalhar contra os midianitas.
Quando Gideão voltou, o anjo do Senhor ainda estava lá e queimou a carne e o pão que ele havia levado. Após isso, o anjo desapareceu e Gideão compreendeu que era realmente o anjo do Senhor. Com isso, ele temeu achando que morreria, mas o Senhor disse para ele: "Não temas" (Juízes 6:23).
Será que ainda havia motivos para Gideão duvidar? Para provar a fé de Gideão, Deus lhe dá uma tarefa para derrubar o altar de Baal e construir um altar a Ele no lugar. Então, Gideão chamou dez empregados e fez o que o Senhor havia dito, porém, por causa do seu medo, não fez isso durante o dia, mas sim durante a noite. Ele ainda tinha medo de simplesmente ouvir a direção de Deus e agir.
Passado algum tempo, todos os midianitas, os amalequitas e os povos do deserto se juntaram e atravessaram o rio Jordão, e acamparam no vale de Jezreel (Juízes 6:33).
Juízes 6:33
"Então todos os midianitas, os amalequitas e os povos do deserto se juntaram, e atravessaram o rio Jordão, e acamparam no vale de Jezreel."
Então, o Espírito do Senhor revestiu a Gideão e este convocou ao abiezritas para se juntarem a ele (Juízes 6:34). Gideão viu que estava se aproximando o tempo para a batalha e, novamente, duvidou do que Deus já havia lhe dito. Com isso, pediu a Deus um outro sinal dizendo que colocaria um pouco de lã no lugar onde estava malhando o trigo e, se de manhã somente a lã estivesse molhada e tudo ao redor estivesse seco, ele estaria certaria de que seria usado por Deus para libertar Israel (Juízes 6:37).
Juízes 6:37
"Pois bem. Vou pôr um pouco de lã no lugar onde malhamos o trigo. Se de manhã o orvalho tiver molhado somente a lã, e o chão em volta dela estiver seco, então poderei ficar certo de que tu realmente me usarás para libertar Israel."
Levantando de manhã, Gideão viu que Deus havia cumprindo o seu pedido. Porém, ele duvidou de novo e pediu a Deus o contrário: que somente a lã ficasse seca e tudo em volta ficasse molhado. Então, Deus fez novamente o que Gideão havia pedido em sua incredulidade.
Após tantos sinais, Gideão deveria estar pronto. Então, Deus permitiu que Gideão colocasse sua fé em prática.
Gideão se levantou de madrugada e acampou com todo o povo junto à fonte de Harode, de maneira que o arraial estava ao norte, perto do monte Moré. Medroso em hebraico é hared, que faz alusão ao nome do lugar, Harode, nome que significa tremor.
Todo o povo que estava com Gideão totalizava 32 mil homens. Era muita gente, porém o exército dos midianitas e amalequitas era muito maior, por isso os israelitas os temiam.
Porém, Deus disse a Gideão que havia muita gente com ele e ordenou que ele dissesse ao povo para os covardes irem embora (Juízes 7:2-3).
Juízes 7:2-3
"2O Senhor Deus disse a Gideão: – Você tem gente demais, e por isso não posso deixar que vocês derrotem os midianitas. Se eu deixasse, vocês poderiam pensar que venceram sem a minha ajuda. 3Anuncie ao povo o seguinte: "Quem estiver com medo, que saia do monte Gilboa e volte para casa." Gideão anunciou, e vinte e dois mil homens voltaram. Mas dez mil ficaram."
Como podemos ler no versículo 3, vinte e dois mil homens voltaram para suas casas por serem covardes. Os covardes eram aqueles que tinham falta de fé no Senhor, e era indispensável excluí-los para não influenciarem negativamente a moral dos combatentes.
Em Deuteronômio 20:8, o Senhor orientou o povo sobre as leis da guerra:
"E continuarão os oficiais a falar ao povo, dizendo: Qual é o homem medroso e de coração tímido? Vá e torne-se à sua casa, para que o coração de seus irmãos se não derreta como o seu coração."
Mesmo com 10 mil homens, Deus disse a Gideão que ainda era muita gente, e ordenou que mandasse todos os dez mil homens beber água, a fim de separar os que iriam para a guerra e os que deveriam voltar. O Senhor disse a Gideão que aqueles que levassem a água até a boa com a mão iriam para a guerra, mas os que se ajoelhassem para beber deveríam voltar para suas casas. Imagine-se na situação de Gideão. Ele sabia que o exército inimigo era muito grande. Iinicialmente ele tinha 32 mil homens, depois passou a ter 10 mil e agora o Senhor queria reduzir mais, porém ele não esperava que reduzisse tanto. Dos 10 mil homens que beberam as águas, somente 300 levaram a água até a boca com a mão, então Deus disse a Gideão: "Com estes trezentos homens que lamberam a água, eu libertarei vocês e lhes darei a vitória sobre os midianitas. Diga aos outros que voltem para casa." (Juízes 7:4-7)
Durante a noite, Deus disse para Gideão atacar os midianitas, pois já havia dado a vitória a Ele, porém disse ainda que, se ele ainda estivesse com medo, deveria descer ao acampamento dos midianitas para ouvir o que eles estavam dizendo por lá. Mesmo com todos os sinais anteriores Gideão ainda estava com medo. Então, chamou seu servo Pura e foi acampamento dos midianitas. (Juízes 7:9-11)
Você pode se perguntar: como Gideão desceu até o acampamento inimigo e as pessoas não o reconheceram? A resposta é simples. No versículo 12, a Palavra de Deus diz que o exército inimigo tinha tantas pessoas que não dava para contar, pois o número era como a areia da praia. Pergunto: você conhece todas as pessoas da sua cidade? Você conseguiria dizer se uma determinada pessoa é da sua cidade ou não entre umas 50 mil pessoas pelo menos? Acredito que não. Da mesma forma, jamais conseguiriam identificar Gideão e seu servo no meio da multidão.
Quando Gideão chegou com seu servo ao acampamento dos midianitas, ouviu um homem contar um sonho a um amigo (Juízes 7:13).
Juízes 7:13
"Quando Gideão chegou, ouviu um homem contando o seu sonho a um amigo. Ele dizia:
– Eu sonhei que um pão de cevada rolou para dentro do nosso acampamento. Veio e bateu numa barraca. Ela caiu, virou no avesso e ficou estendida no chão."
E o amigo respondeu interpretando que o sonho se referia à vitória de Gideão (Juízes 7:14).
Juízes 7:14
"O amigo respondeu: – É a espada de Gideão, o israelita, o filho de Joás! Isso quer dizer que Deus entregou a ele o nosso povo e todo o nosso exército!"
É impressionante como Deus nos ama mesmo em nossa falta de fé. Somente após esse sinal é que Gideão passou a crer que Deus daria a vitória a ele. Então, voltou para o acampamento e promoveu o ataque.
Deus deu a estratégia mais improvável ao pequeno exército de Gideão. Cada um dos trezentos homens tinha uma trombeta e um jarro de barro com uma tocha. Vencer aquele enorme exército dos midianitas seria um completo exercício de fé total em Deus. Gideão disse ao povo que todos os homens deveríam tocar as trombetas e quebrar os jarros quando ele fizesse o sinal, e assim foi. Todos tocaram as trombetas e quebraram os jarros ao redor do arraial do midianitas, gerando um barulho imenso, de forma que parte dos midianitas e amalequitas se assustaram e fugiram e outros mataram uns aos outros por acharem que eram seus inimigos (Juízes 7:15-25).
Deus é maravilhoso! Você se imaginou no lugar de Gideão? Sete anos de sofrimento que geraram um medo muito grande. Depois, um chamado de Deus para vencer o medo e liderar o povo contra o grande exército inimigo. Que transformação, você não acha?
Podemos aprender lições maravilhosas com Deus por meio dos fatos que ocorreram na vida de Gideão.
1) O medo nos impede de ver a vitória: o medo é totalmente contrário à fé, ou você tem medo ou tem fé. Não dá para ter os dois, pois não há equilíbrio entre eles. Do que você tem medo?
2) Quando Deus disser para ir, não se preocupe e apenas creia, pois a vitória já foi dada a você;
3) Faça tudo o que for possível a você e creia totalmente no impossível que Deus irá fazer;
4) Deus não faz nada sem propósito: Ele poderia ter chamado um homem que estava cheio de coragem para enfrentar os midianitas, porém ele chamou um homem que era corajoso, mas que estava com muito medo. Por quê? Porque Deus queria transformar Gideão e todo o povo de Israel e não simplesmente que eles derrotassem os midianitas. Deus quer transformar você, e isso só será possível se você enfrentar os seus medos crendo Nele.
Ore para que Deus livre você de todo o medo, mas saiba que Ele fará isso permitindo que você enfrente esse medo e vença-o com a fé completa no Senhor.
Deuteronômio 31:6-8
"6Esforçai-vos, e animai-vos; não temais, nem vos espanteis diante deles, porque o Senhor, vosso Deus, é o que vai convosco; não vos deixará nem vos desamparará

DEIXE SEU COMENTÁRIO !!!

Atenção:

Faça seu comentário dentro do assunto tratado acima;
Não divulgue endereço(s) de Sites ou Blogs;
Comentário que conterem divulgação serão moderados, somente serão aceitos links caso necessite de informar alguma fonte;
Proibido Spans;
Não faça Comentários Ofensivos, Ameaças, ou Termos preconceituosos.

OPINE, DÊ SUA SUGESTÃO, CONTATO, DÚVIDAS ETC. OBRIGADO DESDE JÁ !!!

Inscrever-se para Posts | Subscrever Comentários

Welcome to My Blog

internet explorer 11

Seus estudo Aqui !!!

Seus estudo Aqui !!!
Mande Por Email Pessoal !!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

::::: Radio Nova Adoração ::::

AJUDE NOS AQUI POR FAVOR !

AJUDE NOS AQUI POR FAVOR !

{ RECADINHO RÁPIDO }








Arquivo do Sites

NOVO 30/5/2013










- s; ESTUDO POSTAGEM PROFÉTICA -Missionario Francisco-Missionaria Fatima Blogger - Designed Fra e Fati Somos Uma Familia Missionaria -