Posted by : FrTutorial no Brasil segunda-feira, 19 de maio de 2014

O TEMPLO E A VIRGEM

Capítulo 7
II Co 6:14-18. 7:1; 11:2-4.

O TEMPLO DE DEUS

Em 2ª Coríntios 6:14 – 7:1 vemos o sétimo aspecto de uma pessoa vivendo no Espírito: o templo de Deus. Nesses versículos Paulo menciona algumas coisas negativas que podem contaminar o templo de Deus. No versículo 14 estão os incrédulos, a iniqüidade e as trevas. No versículo 15 há Belial, isto é, satanás, diabo, ou melhor dizendo, a oposição. Finalmente, no versículo 16 estão os ídolos. Essas são as cinco coisas negativas impuras que podem contaminar o templo de Deus. Como o templo de Deus, temos de ser separados dessas coisas. Dizer isso é fácil, mas colocar em prática essa questão de separação não é tão fácil. Como parte do templo de Deus, você precisa considerar se é ou não total e completamente separado de todas essas coisas negativas. Você se separou dos incrédulos, da iniqüidade, das trevas, do inimigo opositor, e de tudo aquilo que envolve ídolos?
Um  cativo precisa ser capturado; uma carta precisa ser escrita; um espelho precisa ser desvendado; um vaso precisa ser quebrado. E um embaixador necessita ser absolutamente pelo interesse do Senhor nesta terra, estando sob a sua autoridade. O embaixador dos Estados Unidos na Alemanha está li pelo interesso dos Estados Unidos, e está completamente sob a autoridade do governo americano. Num cooperador existe a necessidade de estar atado a Deus. Como o templo de Deus precisamos ser santos ou separados. Em 7:1, Paulo diz: “Tendo, pois, ó amados, tais promessas, purifiquemo-nos de toda impureza, tanto da carne, como do espírito, aperfeiçoando a nossa santidade no temor de Deus.” A impureza da carne e do espírito neste versículo refere-se ás cinco coisas negativas mencionadas em 6:14-16. Alguns desses itens contaminam sua carne enquanto outros contaminam  seu espirito. Os ídolos e Belial contaminarão seu espírito, portanto, você tem de separar-se, purificar-se de todas  as coisas negativas.


Uma habitação é sempre a expressão de quem lá habita.  Ao olhar para o interior de uma casa americana, pode-se reconhecer que ali mora um americano. Se olhar para a residência de um brasileiro, você imediatamente saberá que ali mora um brasileiros. Isso ocorre porque a habitação é sempre a expressão de quem lá habita. Uma vez que somos o lugar de habitação de Deus, devemos ser a expressão de Deus que é o morador. Você pode dizer que é uma parte do templo de Deus e, ainda assim, estar unido em alguma coisa com um incrédulo. Podem existir em você algumas coisas que são muito iníquas e que estão em trevas. Talvez esteja envolvido com algo ligado a Belial ou aos ídolos. A fim de ser o templo de Deus em realidade, temos de ser separados absoluta e completamente para que aperfeiçoemos a santidade no temor de Deus.
Santidade é separação para Deus, separação de todas as coisas que não ele próprio. Como o templo de Deus precisamos separar-nos de tudo o que é contrário á natureza divina e ao caráter santo de Deus. Aperfeiçoar a santidade é tornar essa separação plena e completa, ter todo o nosso ser - espírito, alma e corpo - total e perfeitamente separados, santificados para Deus (1ª Ts.5:32). Isso é ser totalmente reconciliado com Deus. Uma vez que percebemos que somos o templo de Deus, temos de nos separar, de aperfeiçoar a santidade no temor de Deus. Tememos que se não o fizermos ofenderemos a Deus e sua glória SHEKINAR deixar-nós-á (segundo o Dicionário Wesbster, SHEKINAH significa  “na teologia hebraica, a manifestação da presença de Deus; a presença divina”).

UMA VIRGEM PARA CRISTO.
                        
Paulo disse aos coríntios em 11:2: “Porque zelo por vós com zelo de Deus; visto que vos tenho preparado para vos apresentar como virgem pura a um só esposo, que é Cristo”. Todos os santos, especialmente os irmãos, precisamos perceber que são parte da virgem para Cristo. Diante do Senhor e para ele temos de considerar-nos como mulheres. Temos de amar o Senhor assim como uma virgem ama seu marido. Um irmão pode ser um marido, mas para Cristo ele é uma parte de sua esposa. Todas. Todos os crentes são as virgens, quer sejam irmão os irmãs (Ct.1:3). Todos somos virgens e somos parte da virgem corporativa para Cristo. Se você se comportar como um homem diante de Cristo, isso estará errado. Se o fizer insultará o encabeçamento do Senhor: você tem de comportar-se como uma virgem diante do Senhor. Não muitos irmão têm o conceito de que embora sejam homens, são uma virgem para Cristo. Paulo desposou os crentes como uma virgem casta e pura a Cristo.

Em 11:3, Paulo diz: “Mas receio que, assim como a serpente enganou a Eva com a sua astúcia, assim também sejam corrompidas as vossas mentes, e se apartem da simplicidade e pureza devidas a Cristo”. Como uma virgem precisamos ser puros, singelos e simples. Simplicidade nesse versículo também pode ser traduzida para singeleza, referindo-se á lealdade de um coração singelo, á fidelidade de uma mente singela dos crentes para Cristo. Em relação a você mesmo, como uma virgem, você precisa  ser puro. Para seu marido, você precisa ser simples. Os divórcios são o resultado da complexidade. Se as esposas se mantivessem em simplicidade em relação aos maridos, não haveria divórcio. Uma vez que uma mulher se casa, ela deve ser muito simples com relação a seu marido. Mas muitas mulheres são seduzidas e tentadas a ir da simplicidade, á complexidade. Uma esposa pode refletir sobre seu marido e perceber que ele não é tão bem-educado.  Mas quando olha para outro homem, acha-o mais educado. Quanto mais compara seu marido com outros homens, mais ela percebe que ele não é tão bom quanto os outros em certos aspectos. No passado a serpente enganou a Eva por meio de sua astúcia, e a mesma serpente ainda está enganando muitas Evas.

Os apóstolos ministravam Cristo ás pessoas de uma maneira simples. Seus ensinamentos a respeito de Cristo eram muito simples. Até o próprio Cristo apresentou-se de maneira simples. No livro de João, ele disse que era a porta (10:1), a videira (15:1), e o pão da vida (6:48). O apóstolo Paulo ministrou Cristo aos outros de modo simples apresentando-lhes Cristo como seu único Marido. Entretanto, naquela época, alguns pregadores foram pregar a Cristo de maneira complicada. É por isso que Paulo referiu-se aqueles que pregavam “outro Jesus” (2ª Co. 11:4). Devido a alguns pregaram a Cristo não de maneira simples, mas complexa, Paulo se preocupava com os coríntios, com o fato de seus pensamentos serem seduzidos ou corrompidos apartando-se da simplicidade que é devida a Cristo. No início,
Deus apresentou para Adão  e Eva a árvore da vida de modo bastante simples (Gn.3:9). Então, o sedutor, o tentador, a serpente, (ciência) fez com que Eva se tornasse complicada. Relacionando á árvore da vida existe somente um elemento: vida. A árvore da vida é simples, mas a árvore do conhecimento do bem e do mal com elemento da morte é complicada.
Para seguir o Senhor, andar no Espírito, viver no Santo dos Santos, precisamos ser muitos simples. Alguns vieram a mim para aconselhar-me a abrir os olhos das pessoas para que vissem muitos tipos diferentes de ensinamentos. Quando Adão e Eva comeram da árvore do conhecimento do bem e do mal, a Bíblia diz-nos que: “Abriram-se, então os olhos de ambos” (Gn.3:7). A serpente (ciência) até mesmo disse a Eva: “Porque Deus sabe que no dia em que dele comerdes se vos abrirão os olhos e, como Deus, sereis conhecedores do bem e do mal” (Gn.3:5). Os olhos de Eva realmente foram abertos, mostrando-nos que é melhor ter nossos olhos fechados na simplicidade que é devida a Cristo. Devemos Ter a atitude de nada saber, exceto a simplicidade a respeito de Cristo como nosso Salvador, nosso Senhor, nossa vida, nosso marido e nosso tudo; a respeito da igreja, como a única expressão de Cristo, e a respeito da prática da vida da igreja na única base da unidade. Isso é muito simples. Nossa atitude deve esta dentre tanto do dito em Gênesis como do dito de Paulo, isto é, examinar tudo e reter o bem ou examinar o fruto da árvore e não prova-lo.

Todos os diversos ensinamentos que diferem do  ensinamento dos apóstolos, o qual é centrado em Cristo e na igreja, dão origem a muita complexidade. Por isso Paulo rogou a Timóteo que admoestasse certas pessoas a não ensinaram diferentemente (1ª.Tm. 1:3). Muitos cristãos não sabem que direção tomar porque uma pessoa “espiritual” diz isto, e outra pessoa “espiritual” diz aquilo. Os diversos ensinamentos diferentes no cristianismo atual fazem com que muitos cristãos sequiosos querem saber quem está certo. Todos precisamos aprender a ser um tanto tolos em nossa simplicidade devida a  Cristo.

Todos precisamos aprender a fechar os ouvidos aos ensinamentos diferentes.

DEIXE SEU COMENTÁRIO !!!

Atenção:

Faça seu comentário dentro do assunto tratado acima;
Não divulgue endereço(s) de Sites ou Blogs;
Comentário que conterem divulgação serão moderados, somente serão aceitos links caso necessite de informar alguma fonte;
Proibido Spans;
Não faça Comentários Ofensivos, Ameaças, ou Termos preconceituosos.

OPINE, DÊ SUA SUGESTÃO, CONTATO, DÚVIDAS ETC. OBRIGADO DESDE JÁ !!!

Inscrever-se para Posts | Subscrever Comentários

Welcome to My Blog
Nossa Pagina no Facebook

Seguidores

internet explorer 11

Seus estudo Aqui !!!

Seus estudo Aqui !!!
Mande Por Email Pessoal !!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

::::: Radio Nova Adoração ::::

AJUDE NOS AQUI POR FAVOR !

{ RECADINHO RÁPIDO }








NOVO 30/5/2013










- s; ESTUDO POSTAGEM PROFÉTICA -Missionario Francisco-Missionaria Fatima Blogger - Designed Fra e Fati Somos Uma Familia Missionaria -