Posted by : FrTutorial no Brasil segunda-feira, 5 de março de 2018

O Serviço Militar e a Guerra

Acreditamos que os Cristãos estão proibidos pelos mandamentos de Deus de tirar uma vida humana direta ou indiretamente e que carregar armas é contrário a esta crença fundamental. Por isso, acreditamos que os Cristãos não devam voluntariamente servir em nenhum tipo de serviço militar. Se eles tiverem que involuntariamente fazer serviço militar, acreditamos que devem de recusar conscienciosamente em carregar armas e se possível, recusar estar sob qualquer tipo de autoridade militar (Êxodo 20:13; Mateus 5:21-22; 1 Coríntios 7:21-23; Actos 5:29).
__________________________

O caminho de Deus é o caminho do amor, do sacrifício e de compartilha (Romanos 12:1, 10). O ensinamento de Deus para um indivíduo a respeito de tirar uma vida humana está resumido no Sexto Mandamento, no qual diz, “Não matarás” (Êxodo 20:13). Cristo repetiu um grande princípio quando Ele disse, “Amarás o teu próximo como a ti mesmo” (Mateus 22:39). Paulo disse, “O amor não faz mal ao próximo” (Romanos 13:10). Jesus declarou, “O meu reino não é deste mundo; se o meu reino
fosse deste mundo, lutariam os meus servos...” (João 18:36). O Israel espiritual de Deus não é mais composto pelas 12 tribos físicas. Povos de todas as nações estão enxertados neste Israel espiritual (Romanos 9:1-8) e fazem parte do Corpo espiritual de Cristo (Romanos 2:25-29).

Como Cristãos, nós devemos sair da escuridão, do poder de Satanás para o poder do Reino de Deus (Actos 26:28, Colossenses 1:11-13). Agora temos a cidadania no céu (Filipenses 3:20). Temos que imitar as acções de Jesus (1 Pedro 4:1, 13-16). Cristo não respondeu com insultos quando foi insultado, e Ele não ameaçou quando sofria. Crenças Fundamentais 37 Ele sofreu por fazer o bem e aguentou o sofrimento pacientemente porque desejava agradar a Deus (1 Pedro 2:19-24). Ele ensinou que ter raiva do seu irmão pode resultar em pecado (Mateus 5:21-22).


Devemos amar os nossos inimigos e fazer o bem àqueles que nos odeiam (ver. 43-44). Não devemos vingar-nos; a vingança pertence a Deus (Romanos 12;19). A nossa guerra como Cristãos está na arena espiritual (Efésios 6:10- 20). Não guerreamos contra a carne (2 Coríntios 10:3), mas ”contra as
hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais” (Efésios 6:12). Devemos ser bons soldados espirituais de Jesus Cristo (2 Timóteo 2:3- 4). Nesta vida, esta é a nossa chamada. Como tal, um Cristão tem às vezes que encarar um confl ito entre as leis do homem e as leis de Deus Todo Poderoso.

Quando isso acontece, o cristão tem que obedecer às leis de Deus (Actos 5:29; 1 Pedro 2:13-14).
Na maior parte dos países, os militares têm as suas próprias leis e regulamentos. Uma pessoa militar não está em liberdade de decidir o que ele ou ela poderá fazer. A decisão mais sábia a tomar é a de não nos colocarmos nessa posição, já que as pessoas militares estão sujeitas à sua própria autoridade e poderão ser chamadas para tirar vidas humanas. O apóstolo Paulo disse que não devemos de vir a ser escravos do homem (1 Coríntios 7:23). Por essa razão, a Igreja de Deus Unida, uma Associação Internacional apoia a objecção consciente dos seus membros em não participar dos serviços militares e da guerra.

DEIXE SEU COMENTÁRIO !!!

Atenção:

Faça seu comentário dentro do assunto tratado acima;
Não divulgue endereço(s) de Sites ou Blogs;
Comentário que conterem divulgação serão moderados, somente serão aceitos links caso necessite de informar alguma fonte;
Proibido Spans;
Não faça Comentários Ofensivos, Ameaças, ou Termos preconceituosos.

OPINE, DÊ SUA SUGESTÃO, CONTATO, DÚVIDAS ETC. OBRIGADO DESDE JÁ !!!

Inscrever-se para Posts | Subscrever Comentários

Welcome to My Blog

Google+ Followers

ABOUT & SOCIAL

Postagens mais visitadas

- s; ESTUDO POSTAGEM PROFÉTICA -Missionario Francisco-Missionaria Fatima Blogger - Designed Fra e Fati Somos Uma Familia Missionaria -